XFL suspende operações, demite todos os funcionários e não deve voltar para 2021

Diego 10/04/2020

Foi bom enquanto durou. Infelizmente o sonho de Vince McMahon de ter sua própria liga de futebol americano naufragou novamente.

A liga de Vince McMahon, que apresentava um produto alternativo a poderosa NFL, não conseguiu resistir às consequências da pandemia do novo coronavírus. Como resultado, suspendeu sua temporada inaugural após cinco jogos e agora pode ter um fim melancólico.

Segundo reportou o jornalista Field Yates da ESPN, Jeffrey Pollock, chefe de operações da XFL, comunicou na manhã de hoje aos funcionários a suspensão das operações da liga. Além disso, todos os funcionários foram demitidos. Uma teleconferência teria sido realizada na manhã desta sexta-feira para informar a decisão aos funcionários.

A liga também autorizou seus jogadores a assinarem contratos com as equipes da National Football League (NFL) e Canadian Football League (CFL). Essa medida começou a valer uma semana depois do cancelamento da temporada antes da Semana 6 com alguns dos principais jogadores da liga já fechando acordos com equipes da NFL na semana seguinte.

A decisão da suspensão das operações da liga acontece menos de 24 horas depois da mesma devolver aos seus fãs todo o dinheiro depositado em suas contas para a compra de ingressos dos jogos da liga, inclusive jogos para o próximo ano, de acordo com.

A XFL tinha esperanças de retornar em 2021 mas, de acordo com a ESPN, isso não deverá acontecer visto que a liga atualmente não tem planos de voltar.

Um fim melancólico para uma liga que teve uma primeira temporada sólida em questão de números e desempenho. Com regras diferentes das habituais, a liga atraiu uma média de 15.000 pessoas por jogo, se destacando em alguns centros. Os números de audiência também não ficavam atrás com números superiores a maioria dos programas esportivos transmitidos na mesma época. A administração da reencarnação da liga mostrava que o futuro seria promissor e diferente daquele vivido em 2001 mas as ocasiões atuais naufragaram um sonho.

Para se ter uma ideia, o valor estimado que Vince McMahon teria investido na liga gira em torno de US$ 300 milhões a fim de bancar pelos próximos três anos a transmissão pelas redes de televisão que em nada se veriam afetadas. A esperança era conseguir um contrato lucrativo com a exibição da primeira temporada, porém, o clima de incerteza em torno da economia gerou dúvidas em torno dos números que seriam apresentados. Mais informações em breve.