WWE quer evacuar sua sede em Stamford devido ao coronavírus

Diego 16/03/2020

A pandemia do coronavírus está mudando a rotina de milhares de pessoas ao redor do mundo. Diversas corporações e países estão estabelecendo medidas de precaução para evitar uma iminente contaminação e a WWE não fica de fora da lista.

Segundo o portal PWInsider, a WWE está aconselhando os seus funcionários a trabalharem em casa se puderem. A medida foi comunicada através de um email em massa enviado a todos os funcionários que trabalham na sede da empresa em Stamford.

Essa estratégia, assim como outras que devem ser implementadas com o decorrer do tempo, já estava sendo estudada pela WWE e o e-mail foi apenas uma “oficialização”.

Vale destacar que a companhia também autorizou qualquer lutador a ficar em casa caso sinta-se desconfortável em viajar, trabalhar e se apresentar enquanto o surto continua a fazer novas vítimas ao redor do mundo. Essa medida segue o exemplo da AEW, que por entremeio Tony Khan, anunciou na semana passada que nenhum lutador sofreria qualquer tipo de punição caso decida por ficar em casa em virtude do coronavírus.

Realmente todo cuidado é necessário nesse momento e não seria estranho ver a WWE cancelar seus eventos a depender de como a pandemia avance visto que o RAW e SmackDown já estão sendo realizados em um Performance Center vazio em Orlando. Para piorar ainda mais a situação, a decisão das autoridades de Tampa acerca da WrestleMania 36 caminha para o cancelamento ou adiamento do evento após uma autoridade do condado afirmar que caso a empresa não cancele o evento, eles fariam por conta própria.