Vince McMahon estaria se afastando aos poucos da WWE

Diego 13/02/2020

No início do ano passado, começaram a surgir relatos da ausência de Vince McMahon em alguns programas televisionados e inclusive pay-per-views da empresa de Stamford.

Algo pouco habitual ao homem que comanda sua empresa há mais de 50 anos. De início, sua ausência foi creditada a um repouso por uma pequena enfermidade, como foi rumorado em 2016, mas logo foi conhecido que talvez tudo se tratava do fato de Vince estar focado na XFL.

Recentemente, o jornalista Sean Ross Sapp do Fightful abordou o assunto no serviço de assinatura do portal e revelou que Vince McMahon tem estado ausente na maioria dos shows entre o final de novembro (28 de novembro, dia de ações de graças nos Estados Unidos) e início de fevereiro (5 de fevereiro). A presença de Vince nos bastidores dos shows televisionados da empresa é dita ser rara nos últimos meses.

O jornalista ainda indica que a maioria dos shows da WWE em que Vince esteve presente neste período de tempo foi o Monday Night RAW, apesar de somente participar da metade deles e muitas vezes ter ido embora antes da hora. Ele também estava nos bastidores do último Royal Rumble. Vale destacar que no SmackDown, quem comanda é o diretor executivo, Bruce Prichard, que tem o controle e ocupa o posto do chefão da WWE no Gorilla Position com os fones de ouvido para dar orientações aos comentaristas e a toda a equipe.

Até o momento, não se sabe até que ponto suas ideias foram aplicadas no show da brand azul. Por outro lado, é conhecido já que Paul Heyman é o responsável por cada movimento no RAW. Mesmo assim, Vince faz contínuos telefonemas para dar seus pitacos no que deve ser feito em ambos os shows. O relatório do portal também afirma que Vince se tornou uma pessoa excepcionalmente privada ultimamente embora ainda esteja no comando da companhia. É compreensível que McMahon, aos 74 anos, queira dar prioridade à sua vida e aos seus sonhos, e não ao trabalho, algo que ele já faz há mais de 50 anos.

A XFL é um antigo sonho de Vincent Kennedy McMahon. Em 2001, a temporada de estreia da liga de futebol americano, comandada em parceria com a NBC naquela altura representada por Dick Ebersol, foi um fracasso e o executivo da WWE passou vários anos esperando a hora certa de tentar novamente e ela chegou neste ano após vender mais de US$ 200 milhões de dólares em ações para arrecadar fundos de investimento. A estreia da temporada de retorno da liga atingiu a média de audiência dos jogos da temporada regular da NBA, com a maioria das partidas alcançando mais de 3 milhões de telespectadores.