Jim Cornette e Dash Wilder debatem sobre os termos “belt” e “title”

Diego 26/02/2020

Uma simples aparição com títulos da WWE causou uma verdadeira discussão no Twitter.

Conforme noticiado anteriormente, o premiado rapper canadense Drake apareceu ostentando dois títulos da WWE no jogo da franquia da NBA da qual é sócio e torcedor, Toronto Raptors, contra o Milwaukee Bucks.

A ação do cantor foi uma brincadeira com os principais jogadores da equipe rival que aliás também são grandes fãs da WWE.

A confusão envolvendo Dash Wilder e Jim Cornette começou após o Toronto Raptors publicar um vídeo de Drake caminhando pelo saguão do Air Canada Centre com duas réplicas de títulos da WWE com a descrição de “belts”, ou como preferir, “cinturões”.

Só que a própria equipe da maior liga de basquete do mundo não contava com a repercussão que essa publicação teria. Isso porque o apresentador e podcaster, Sam Roberts, respondeu ao tweet, afirmando que “os belts (cintos) levantam suas calças. Esses são championships (campeonatos)”.

“Os belts (cintos) levantam suas calças. Esses são championships (campeonatos)”

A resposta de Sam foi o suficiente para acender a discussão com Dash Wilder discordando de sua opinião. Para o membro do The Revival, não são “belts” mas sim “Championship belts” (cinturões de campeonato).

“Não, eles são belts. Assim como todo lendário lutador profissional que eu já assisti disse. Championship (Cinturão de campeonato)”

Agora, chegou a vez do sempre polêmico, Jim Cornette, que externou sua opinião de forma veemente, afirmando que é uma pena que até os lutadores sem instrução pensem que são “titles” (títulos) porque Vince acredita que o termo “belt” é muito “wrestling”

“Eles são m%$& de belts (cinturões), e é uma pena até rasslers (wrestlers) sem instrução pensarem que são “titles” (títulos) porque Vince acha que a palavra “belt” é muito “rasslin” (wrestling). Um brinde ao Revival por ter restrições suficientes para não sufocar um filha da $#%& que chama um belt de “title” “

Cornette cita Vince porque o chefão da WWE baniu o termo “belt” por acreditar que este era ultrapassado anos atrás mas voltou a utilizá-lo quando Becky Lynch se tornou RAW e SmackDown Women’s Champion na WrestleMania 35 com a lutadora irlandesa sendo chamada de “Becky 2 Belts” naquela altura.

Wilder então continuou e respondeu várias pessoas no Twitter que discordavam dele, incluindo Roberts.