Cobertura: WWE NXT Wrestling (18/03/2020) – Recado dado!

Leonardo 18/03/2020

Na noite desta quarta-feira a WWE Network transmitirá mais um episódio ao vivo do NXT Wrestling, diretamente do Performance Center, em Orlandp, na Flórida.

Confira abaixo o tópico destacado pela WWE para o show desta noite:

  • Em uma noite sem ação dentro do ringue, serão discutidas as repercussões dos últimos grandes acontecimentos dentro do programa!

Veja tudo isso e muito mais, hoje, a partir das 21 horas, na cobertura do House of Wrestling.

Cobertura:

O episódio do WWE NXT de hoje à noite inicia ao vivo da USA Network com um vídeo destacando o show da semana passada.

Estamos ao vivo da WWE Performance Center em Orlando, na Flórida. Não há público novamente para o show de hoje à noite, devido à pandemia de coronavírus. Triple H e Tom Phillips nos recebem. Eles nos mostram um vídeo sobre Tommaso Ciampa e Johnny Gargano. O vídeo mostra novas entrevistas com as duas estrelas.

De volta de um intervalo comercial e temos mais um pedaço da promo. Temos também uma rápida promo para Charlotte e a NXT Women’s Champion Rhea Ripley.

Temos outro comercial depois de mais uma promo para Ciampa vs. Gargano. O vídeo é exibido por mais 10 minutos. Agora vai ao ar um vídeo sobre a “Last Man Standing” pelo NXT Championship no “Takeover: Brooklyn IV” em agosto de 2018. Ciampa fala um pouco mais antes de voltarmos ao comercial.

De volta do intervalo e temos outro vídeo. Gargano comenta a lesão de Ciampa e vemos destaques de Gargano derrotando o atual campeão do NXT Adam Cole no “Takeover: New York” em 2019. Eles nos mostram mais da entrevista de Ciampa. Este vídeo durou cerca de 6 minutos.

Na volta, vemos Triple H e Tom Phillips, que nos mostram a defesa com sucesso de Adam Cole, pelo NXT Championship, no NXT TakeOver “Portland”, garantindo mais uma vez o seu reinado. Ciampa foi prejudicado por Gargano nesta luta, com uma interferência.

Triple H diz a Tom que acredita que nada de grande ainda foi visto, afirmando que a rivalidade entre Ciampa e Gargano irá durar por muito tempo, ainda. Ainda hoje teremos um vídeo sobre a rivalidade entre Shayna Baszler e Becky Lynch.

Voltando do intervalo, temos Triple H e Tom Phillips conversando com Finn Bálor. Tom fala sobre a forma diferente que Finn retornou ao NXT. Finn diz que ele é o príncipe e quer voltar aqui sempre que quiser. Ele diz que quando era o melhor do mundo, em 2014, como Prince Devitt, a WWE lhe contratou e nasceu Finn Bálor. Vamos a um pacote de vídeos sobre o irlandês. Bálor fala que ele se tornou quem é, na sequência dos vídeos, pois derrotou caras como Samoa Joe, Shinsuke Nakamura, Kevin Owens, dentre outros, mostrando a tua força.

Na volta de mais um intervalo, Bálor segue falando sobre como subiu ao plantel principal, no RAW. Ele relembra sua vitória sobre Seth Rollins, no SummerSlam, se tornando campeão universal, mas, que também se machucou e levou nove meses para se recuperar. Bálor diz que quando voltou e teve de enfrentar Jinder Mahal, Bobby Lashley, dentre outros, os pegou no melhor momento de suas carreiras, algo que lhe pesou. Bálor lembra da perda para Brock Lesnar, no Royal Rumble 2019.

Voltando do intervalo, Bálor segue falando na mesa de comentaristas, de como se cansou de tentar agradar a todos. Bálor diz que tem 38 anos e não terá a sua carreira para sempre, por isso, não quer perder mais três anos na WWE, escolhendo então, ficar no NXT. Bálor diz que no TakeOver “Portland” lutou como nunca antes, relembrando a sua melhor forma. Bálor diz que é viciado em adrenalina, assim como outras estrelas por ali, e o NXT é o lugar certo para isso. Bálor cita sua rivalidade com WALTER, afirmando que o NXT UK Champion conseguirá o que quer, mas no tempo certo.

Voltamos com Triple H e Tom Phillips, que dizem que Bálor está focado e deixou claro que se for para mexer com ele e vir na sua direção, é melhr estar preparado.

Voltando dos comerciais, vemos um vídeo da rivalidade entre Rhea Ripley e Charlotte Flair. Triple H fala após a “promo” que essa é a maior prova que a marca NXT cresceu, pois se tornou algo no ponto de ser o alvo de escolha de um vencedor do Royal Rumble, para ser disputado em um evento principal de WrestleMania. Vamos para mais vídeos da rivalidade.

Voltamos do intervalo com Rhea Ripley falando sobre sua luta com Charlotte. Ela diz que este combate será épico, pois as pessoas não queriam mais ver Becky Lynch ou Bayley como suas oponentes, mas sim, a campeã do NXT. Ripley fala que a WrestleMania pode ter mudado de local mas o resultado da luta continuará o mesmo, com ela derrotando Charlotte.

Voltamos ao Performance Center e Tom Phillips e Triple H encerrar as transmissões do NXT.

Fim de show.