Cobertura: WWE RAW (30/03/2020) – Pronto para a Mania!

Fábio Pontes 30/03/2020

Na noite desta segunda-feira, a WWE realiza mais uma edição do RAW diretamente do WWE Performance Center.

Estes são os destaques do show:

  • E estamos a cinco noites do maior evento do ano acontecer, o que quer dizer que chegamos assim ao último Raw antes do WrestleMania. Como tal, teremos aparições de grandes nomes para promover o megaevento, tal como Becky Lynch, The Undertaker, o WWE Champion Brock Lesnar ou Edge.

Confira tudo isso e muito mais, hoje, a partir das 21h, em tempo real, aqui na House of Wrestling.

Cobertura:

O show começa com um vídeo recapitulando toda a rivalidade entre The Undertaker e AJ Styles, ambos se enfrentarão em uma Boneyard Match, na WrestleMania 36.

Vemos um vídeo de The Undertaker, falando sobre AJ Styles. Undertaker chama Styles de Alan Johnson, pois diz que todos estão querendo falar a verdade. O “Deadman” diz que entende Styles, por querer relevância na WrestleMania e enfrentá-lo em sua melhor forma, afinal, ele entende que seria impossível desafiá-lo há quinze anos atrás.

Undertaker diz que Styles, quando em anos atrás, estava em divisões inferiores, sabia que era impossível enfrentar os maiores nomes deste negócio, como Edge, The Rock, Shawn Michaels, Booker T, Mick Foley, dentre outros, pois saberia que não daria conta. Undertaker diz que Styles ficará famoso na WrestleMania, mas pelo sofrimento e dor que irá sentir.

O “Phenom” diz que entende os insultos de Styles, pois fazem parte dos negócios, mas, quando falou de sua esposa Michelle McCool, ele passou dos limites e irá pagar muito caro por isso. Undertaker diz que tudo acontecerá em um cemitério, conforme ideia de Styles, e lá haverá dor e sofrimento, mas, sobretudo, Styles irá descansar em paz. Nisso, tocam os sinos do “Deadman” e uma lápide de Styles (1977-2020) aparece, encerrando o segmento.

Na arena, Tom Phillips e Byron Saxton nos dão as boas vindas. São anunciadas as presenças de Brock Lesnar, Edge e um combate entre Kevin Owens e Street Profits, contra Andrade, Angel Garza e Seth Rollins.

Vemos um vídeo de hoje mais cedo, com a RAW Women’s Champion, Becky Lynch, chegando com seu caminhão no Performance Center. A seguir a “The Man” estará ao vivo.

Comerciais…

Na volta toca a música de Becky Lynch e a campeã feminina do RAW vem até a rampa de entrada. Lynch diz que na WrestleMania passada, enfrentou Ronda Rousey e Charlotte Flair, em um dos eventos principais e se tornou a campeã, como está até hoje. Lynch nos leva até 2019, para a luta.

RAW and SmackDown Women’s Championship – Triple Threat Match: Ronda Rousey vs. Becky Lynch vs. Charlotte Flair
– Lynch vence a luta, se tornando campeã dupla, na WWE.

Becky continua com sua “promo”, afirmando que esta é a primeira vez que assiste a este combate. Ela diz que derrotará Shayna Baszler, na WrestleMania. Becky ainda diz que Baszler poderia ter a fama que Ronda Rousey não teve, mas, perderá e ficará na sombra da ex-estrela do UFC.

Baszler aparece e lhe ataca por trás. Baszler atira Lynch na mesa de comentaristas, lhe deixando com dores no pescoço. Baszler ergue o título, encerrando o segmento.

Comerciais…

Singles Match: Aleister Black vs. Jason Cade
– Aleister vence após aplicar um “Black Mass”.

Após a luta, é novamente anunciado o seu combate contra Bobby Lashley, na WrestleMania 36.

A seguir teremos um combate de trios, entre Kevin Owens e Street Profits, contra Seth Rollins, Andrade e Angel Garza.

Comerciais…

Logo na entrada de Zelina Vega e Angel Garza, ela anuncia que Andrade está lesionado e fora da luta de hoje e da WrestleMania, porém, trouxe um dos mais quentes “Free Agents” do momento, Austin Theory.

6-Man Tag Team Match: RAW Tag Team Champions Street Profits (Angelo Dawkins e Montez Ford) e Kevin Owens vs. Austin Theory c/ Zelina Vega, Angel Garza e Seth Rollins
– Owens aplicou um “Stunner” em Garza e venceu o combate.

Ainda hoje, Brock Lesnar no RAW.

Tom nos mostra um trailer da Netflix, estrelado pelo veterano WWE Superstar Big Show.

Voltamos ao ringue e Kevin Owens ainda está lutando para se levantar. Vemos replays do que acabou de acontecer. Owens diz que está pensando muito sobre o que Rollins disse na semana passada e depois do que aconteceu, ele tem muito a dizer e sabe que Rollins está assistindo, então ouça. Owens lembra como Rollins disse na semana passada que nunca havia treinado neste edifício, mas foi construído por causa dele e todos deveriam agradecê-lo. Owens diz que ouviu dizer que este lugar foi construído, apesar se Rollins ganhou algo ou não. Owens diz que Rollins provou que ele é um arrogante. Owens está bem ciente de seu próprio passado e do que as pessoas podem dizer por causa do caminho que ele escolheu antes. Owens diz que a diferença é que ele não é ilusório como Rollins. Rollins provou que ele estava certo na semana passada, falando sobre todos os seus momentos na WrestleMania, dizendo que ele é um Deus no que diz respeito a WrestleMania, enquanto Owens é apenas uma decepção. Owens diz que essas palavras machucaram ele, mas quanto mais ele pensava, percebia que a visão de Rollins era igualmente errada. Owens continua sobre como ele pode reivindicar os mesmos elogios que Rollins. Owens diz que ele é homem o suficiente para admitir que não conseguiu suas realizações e momentos por conta própria, pois tinha alguém o ajudando de alguma maneira. Owens diz que sente muito por estourar a bolha de Rollins, mas Rollins sempre teve apoio ou encontrou alguma maneira de conseguir o que queria.

Owens diz que Rollins precisa ser honesto consigo mesmo, porque a única coisa que ele disse na semana passada que fez sentido foi quando lhe disseram que seu passado não importava quando ele chegou à WWE, e nada que ele havia feito antes da WWE importava. Owens diz que isso será verdade neste fim de semana quando eles entrarem no ringue na WrestleMania. O passado deles não importa. Tudo o que importa é como eles estarão lá individualmente. Owens mostrará a Rollins que ele não é um Deus quando ele tirar o momento de Rollins na WrestleMania. Owens diz que neste sábado ele será o único a queimar tudo. Owens solta o microfone e sua música toca enquanto os locutores promovem o combate.

De volta do intervalo e uma promo para a Last Man Standing entre Randy Orton e Edge vai ao ar. Vemos um vídeo pré-gravado de Edge agora. Ele diz que Orton pode estar certo sobre ele ser viciado nisso. Edge diz que adora o sentimento que recebe dos fãs na arena, a conexão bruta e a energia que recebe deles, é tudo para ele. Edge diz que se você não é viciado nisso, você está no caminho errado. Edge continua e diz que Orton não tem ciúmes dele, ele tem ciúmes de suas paixões. Você não pode fabricar paixão, a possui ou não, e Edge a possui. Edge diz que todo mundo está dizendo que Orton não tem sido tão bom. Edge diz que inspira essa paixão em Orton e isso assusta Orton. Edge continua falando sobre como Orton não será capaz de se recuperar depois da surra na WrestleMania.

Ainda hoje, Asuka estará no ringue.

Comercial…

Singles Match: Asuka vs. Kayden Carter
– Asuka aplicou o “Asuka Lock” e venceu o combate.

Após o combate, Asuka comemora enquanto sua música toca.

De volta do intervalo e Tom nos mostra o que aconteceu hoje, quando Rhea Ripley estava chegando a WWE Performance Center. Charlotte Flair a atacou e a jogou contra uma parede antes que alguns oficiais aparecessem para acalmar a situação. Ripley lentamente se levantou e disse calmamente que sim, Flair a verá neste fim de semana.

Tom nos mostra um replay do Survivor Series quando Brock Lesnar enfrentou Rey Mysterio.

No Holds Barred Match: Rey Mysterio vs. Brock Lesnar
– Brock aplicou um “F5” e venceu o combate.

Os locutores promovem o card da WrestleMania 36.

Comercial…

De volta do intervalo e o WWE Champion Brock Lesnar, está de pé no ringue com Paul Heyman para o segmento final do RAW antes da WrestleMania 36.

Heyman começa sua promo e fala sobre como ama a magia dos negócios, como eles entretêm os fãs. Heyman diz que este é o último segmento do RAW antes da WrestleMania 36, ​​e que frequentemente, é o seu cliente que esteve por aqui. Mas porque?, diz Heyman. Porque ano após ano Brock é a fera que mata, o conquistador, aquele que vence no maior show do ano. Heyman diz que este ano Drew McIntyre realmente se destacou. Heyman elogia Drew e mostra respeito. Ele diz que Drew é especial, mas especial quando comparado a um cara qualquer na rua, comparado a um idiota na academia. Você sabe quem mais é especial? The Rock, que foi demitido e derrotado por Brock. Heyman cita Randy Couture, Shane Carwin, John Cena, The Undertaker – e diz que todos eram especiais, lendas, ícones. Heyman diz, que no entanto, quando eles entraram no ringue com Lesnar, eles não eram tão especiais, eles eram apenas o namorado de Brock.

Heyman minimiza o ‘Claymore’ de Drew e diz que todos tinham golpes grandiosos, mas sempre perdiam no final. Agora que Lesnar sabe que o Claymore está para chegar, ele terá uma estratégia que acabará com o Claymore. Heyman tem algo para nós, mais do que um spoiler ou uma previsão. Uma garantia. Ele diz que Lesnar estará aqui no próximo ano, no último RAW antes da WrestleMania, com o título por cima do ombro, e Heyman estará falando sobre Drew também ser apenas mais um número. Heyman diz que Drew está tendo um ano especial, mas acabará como todo mundo. O último RAW antes da WrestleMania 36 termina com Brock e Heyman no ringue.

Fim do Show!