Stone Cold Steve Austin admite nervosismo ao entrevistar The Undertaker

Patricki Chites 24/11/2019

Resultado de imagem para stone cold steve austin


Após o Survivor Series de hoje à noite, o primeiro episódio de The Broken Skull Sessions, de Steve Austin, será transmitido na WWE Network. O primeiro convidado será The Undertaker. Austin falou com Corey Graves no podcast After the Bell, sobre como foi conversar com The Undertaker e o homem por trás do personagem, Mark Calaway.

“Foi interessante sentar com Taker e ouvir Mark falar, porque esse é uma das maiores gimmicks – provavelmente a maior gimmick da história”, disse Austin.

“Cara, só de se sentar na frente do cara, ele é apenas um cara normal, mas você não saberia disso olhando para o corpo de trabalho que ele fazia, o nível de resistência que ele mostrou ao longo de uma carreira de 30 anos e como ele se reinventou ao longo do caminho. Aquilo aconteceu rápido e espero que eu tenha feito o máximo possível, mas nos divertimos muito.”

Austin observou que, apesar de conhecer Undertaker há muitos anos, essa era uma oportunidade para ele realmente conhecer o homem por trás do The Deadman.

“Desde que eu conheço Undertaker, eu não o conhecia tão bem”, admitiu Austin. “Como viajamos em círculos diferentes, foi uma chance para eu conhecer o homem, assim como será para todo mundo. Ele tem uma história fascinante.”

Graves perguntou a Austin se ele estava ansioso, tendo uma oportunidade um tanto rara de ter uma entrevista com The Undertaker. “Stone Cold” disse que não podia deixar de ficar um pouco nervoso entre quem era seu convidado, misturado com o envolvimento da WWE.

“Bem, sim, um pouco, eu não vou mentir para você, é o primeiro a sair”, respondeu Austin. “Estou acostumado ao meu podcast de um homem só, atirando no ar, de repente você joga todos os valores de produção que a WWE produz e parece um milhão de dólares. Isso leva a um nível totalmente diferente, então você quer para fazer o melhor que puder, mas você também se surpreenderá um pouco. Acho que resolvemos isso e tenho orgulho disso.”