HOW Fantasy: Live Event – “Batalha de times”

Fábio Pontes 31/03/2020

Na noite desta terça-feira, dia 31 de março, a House of Wrestling realiza um Live Event com temática de batalha entre times diretamente do Alaska Airlines Center no Alaska, nos Estados Unidos da América.

Team Canada: Canada Versus Everyone (Kevin Steen & Kyle O’Reilly) (Captains), Mike Bennett, Dolph Ziggler, Christian e Keith Lee.

Team Messiah: Seth Rollins (Captain), Justin Gabriel, Aleister Black, Pete Dunne, Gunnar Nelson & Adam Cole.

Estes são os combates marcados: 

  • Tag Team Match: Canada Versus Everyone vs Seth Rollins & Justin Gabriel
  • Singles Match: Mike Bennett vs Aleister Black
  • Singles Match: Dolph Ziggler vs Gunnar Nelson
  • Singles Match: Christian vs Pete Dunne
  • Singles Match: Keith Lee vs Adam Cole
  • Main Event – 6vs6 Elimination Match: Team Canada vs Team Messiah

Confira tudo isso e muito mais, terça, a partir das 18h, aqui na House of Wrestling.

Cobertura: 

E o Live Event tem o início no Alaska, onde os fãs parecem estar bastantes entusiasmados com a realização de um evento no referido estado norte-americano. Antes de começarmos, vamos até ao locker room do Team Canada, onde Kevin Steen está junto a Kyle O’Reilly para dizer algumas palavras ao seu time.

Steen: Hoje não importam possíveis rivalidades que existam entre vocês, estão defendendo as mesmas cores, então lutem por elas. A única coisa que interessa é a vitória no final da noite para erguermos o troféu e nos mostrarmos melhores que o time fracassado de Seth Rollins. 

Os seus parceiros ficam animados com estas palavras e se mostram unidos para conseguir a vitória. De seguida, vamos até ao Locker Room do time adversário, onde Seth Rollins acaba também dando uma mensagem para o seu time.

Rollins: Alguns membros do nosso time já se enfrentaram recentemente, tal como Aleister Black e Pete Dunne, porém espero que deixem as vossas rivalidades lá fora, pois a única coisa que interessa hoje é a vitória. Sob a minha garantia que venceremos esta batalha, eu espero que todos vós defendam as cores do time “Messiah” com todas as vossas forças, senão serão conhecidos como fracassados.

Os seus parceiros ouviram atentamente esta mensagem e parecem focados em vencer esta noite.

Após tudo isso, vamos até à arena, onde iremos ter a primeira luta do dia. Em representação do Team Canada, Keith Lee realiza a sua entrada até ao ringue ao som de “Limitless”. De seguida, representando o Team Messiah, aparece Adam Cole enquanto toca “Bad Reputation”.

Singles Match: Keith Lee [Canada] vs Adam Cole [Messiah]

(8:48) Na primeira luta de hoje, Lee alcançou a vitória após aplicar um Ground Zero em Cole seguido de uma contagem de três do árbitro.

Vencedor: Keith Lee [1-0 Canada]

Os fãs comemoram a vitória com Lee que, desta forma, dá vantagem ao seu time.

Intervalo…

“Just Close Your Eyes” é tocada pela arena e Christian realiza a sua entrada vestindo uma camiseta do Team Canada. Pete Dunne surge depois em representação do Team Messiah enquanto toca “Bruiserweight”.

Singles Match: Christian [Canada] vs Pete Dunne [Messiah]

(10:39) Nos instantes finais, Christian mostrava algum domínio e fazia a sua taunt antes do Spear. Ele corre em direção de Dunne, mas este se desvia e o canadense acaba batendo no corner. O britânico aproveitou isso e aplicou um Bitter End para vencer o duelo.

Vencedor: Pete Dunne [1-1]

O “Bruiserweight” se ergue e comemora a sua vitória que empata o placar.

Intervalo…

Toca “Dance Away” e a Canada Versus Everyone realiza a sua entrada até ao ringue. Os seus adversários, Seth Rollins e Justin Gabriel, vêm logo depois ao som de “Hero”.

Tag Team Match: Canada Versus Everyone [Canada] vs Seth Rollins & Justin Gabriel [Messiah]

(17:23) Foi uma luta bastante equilibrada em que o público ficou dividido em que time torcer. No final, Steen aplicou um Steenalizer em Rollins seguido do pin, porém Gabriel evitou a contagem de três após realizar um Springboard que terminou num pisão em Steen. Gabriel puxa rapidamente Rollins para perto do seu corner, o que faz o árbitro discutir com o mesmo, pois não pode entrar no ringue sem estar legal, mas ele acaba fazendo o tag. Com o árbitro distraído, Steen passa o tag a Kyle que entra rapidamente em ringue para atacar Rollins, pois não se apercebeu que Gabriel se tinha tornado legal. O juiz vê KOR entrando no ringue do nada e o impede de continuar, pois não assistiu à passagem de tag, o que faz com que Steen fique como o homem legal. Os canadenses discutem com o árbitro dizendo que passaram o tag, porém Gabriel empurra Steen contra KOR que estava perto do corner e aplica um Roll-Up. O árbitro conta, KOR ainda tenta reagir, porém Rollins aparece no lado de fora e puxa o seu pé, evitando assim que interrompa a contagem de três.

Vencedores: Seth Rollins & Justin Gabriel [1-2 Messiah]

E é desta forma que o time do Messiah dá a volta ao resultado. Os canadenses reclamam com o árbitro devido ao final controverso, mas o time rival apenas comemora com um sorriso na cara, claramente provocando eles.

Intervalo…

Toca “Here to Show the World” e Dolph Ziggler realiza a sua entrada para representar o Team Canada. De seguida, o membro da Team Messiah Gunnar Nelson entra com “Crack the Sky“.

Singles Match: Dolph Ziggler [Canada] vs Gunnar Nelson [Messiah]

(13:09) Os fãs ficaram atentos ao comportamento de Nelson, pois nunca o tinham visto num ringue de wrestling. O seu estilo foi bem agressivo, sendo caracterizado por fortes chutes e alguns slams. Ziggler tentou o Superkick no islandês, mas este se abaixou a tempo e deu uma sequência de chutes que deixou o “Show-Off” atordoado, lhe possibilitando prender o Icelander Lock (Guillotine Choke) que apagou Ziggler. O árbitro levanta o seu braço por três vezes e deixa cair, como não obteve resposta, acabou o combate ali.

Vencedor: Gunnar Nelson [1-3 Messiah]

O islandês comemora a sua vitória no ringue enquanto o árbitro tenta ajudar Ziggler a recuperar os sentidos.

Intervalo…

Mike Bennett já se encontrava no ringue quando começa a tocar “Root Of All Evil” e Aleister Black dava início a sua entrada, mesmo em um clima mais leve, Black se mostrava confiante para a luta de hoje, ele sobe na apron e logo dá sua cambalhota ao centro do ringue, ele…MIKE BENNETT CHEGA POR TRÁS COM UMA BICUDA NAS COSTAS DE BLACK Mike sem perder tempo já vai pedindo pro juiz dar início a luta

Singles Match: Mike Bennett [Canada] vs Aleister Black [Messiah]

(0:30): Mike aplicava vários socos em Black enquanto ele estava no chão, Mike sabendo da sua superioridade no momento começa a debochar da cara de Black, ele dá alguns tapas na cara de seu oponente e vai para as cordas xingar os que vaiavam sua atitude. Aleister se recupera rapidamente e já estava de pé, Mike não suspeitava de nada e Aleister se aproveitando da situação consegue encaixar um Fujiwara Armbar e leva Mike até o centro do ringue, mas Mike ainda estava com quase todo seu gás e consegue chegar até a corda rapidamente.

(1:42): A luta tinha um início lento, é isso era mais por parte de Mike Bennett que tentava traçar uma estratégia para vencer seu oponente, mas Aleister sempre não deixava espaço para Mike que se recuava dos chutes baixos de Black, mas chegou-se o momento que tinha acabado o espaço para Mike, ele bate suas costas no corner e já percebe que ele estava totalmente em desvantagem, Black não perde tempo e BICYCLE KNEE STRIKE! Mas Mike se abaixa rapidamente e já encaixam um German Suplex! MAS ALEISTER BLACK CAÍ EM PÉ! MIKE BENNETT PERCEBE A REAÇÃO DO PÚBLICO, E QUANDO SE VIRA BIG BOOT! Black já vai para a contagem, mas Mike escapa antes mesmo da contagem chegar até o 2.

(3:00): Aleister Black ditava o ritmo da luta como queria, ele aplicava chutes baixos em Bennett que mal se defendia e já recebia outro chute, e com isso deixava espaço para um Blackout Rush Combo! Mas antes de Black ir realizar o pin Mike Bennett pede tempo para o juiz que aceita o pedido. Black reclama com o juiz e ambos começam uma pequena discussão, Mike vendo que sua estratégia tinha sido um sucesso, corre até a Black que tira o juiz de sua frente mas não evita que Mike Bennett o acerte com um Elbow Smash! Mike sem perder tempo vai para a contagem e Aleister Black consegue escapar ainda no 1.

(4:46): Mike Bennett fazia seu jogo funcionar em cima de Aleister Black, ele o joga no corner e aplica vários Knife Chops em Black, tanto que o peito do mesmo já estava marcado com as mãos de Mike, e Mike novamente dá um tapa na cara de Aleister Black, e desse vez corre até o outro corner e pega impulso na corda MAS ELE NÃO ESPERAVA POR UM DIVING METEORA! Aleister Black durante a corrida subiu no corner enquanto Mike estava de costas e foi esperto em um desleixo de Mike Bennett.

(8:13): A luta estava se tornando mais animada, ainda mais quando Mike Bennett e Aleister Black começaram a fazer uma bela trocação no centro do ringue com um apoio do público, surpreendentemente Bennett parecia estar conseguindo uma vantagem mas Black o acerta uma joelhada na barriga e Mike sente o golpe, Black vai para as cordas mas é logo surpreendido por um Lariat! Mike vê seu oponente caído no chão, mas ao invés de ir para a contagem novamente ele vai para o corner recuperar um pouco de fôlego após essa trocação.

(9:10): Com Mike Bennett recuperando o fôlego, Aleister Black conseguiu recuperar um pouco do seu também, Mike foi levantar Black mas acaba sendo empurrado, Black conseguiu uma distância perfeita para o seu Black Ma MIKE BENNETT PUXA O JUÍZ PARA SUA FRENTE E BLACK ACABA ACERTANDO ELE, Mike sabendo que o juíz iria ficar desacordado por um tempo acerta Black com um low-blow! Black caí no ringue com dores e Mike vai para fora procurar algo. Ele pede uma cadeira de alguns fãs mas todos recusam, então ele pega uma debaixo do ringue e leva para dentro.

(11:27): Mike Bennett deixa a cadeira de metal no meio do ringue e ergue Black que ainda estava sentindo dores, Mike parecia que iria aplicar um simples suplex, mas não! BRAINBUSTER NA CADEIRA! Mike Bennett parecia ter dado um fim em Aleister Black, e ele vai para a contagem, e… Mas Mike tinha só lembrando naquele momento que o juíz ainda estava desacordado, então ele vai tentar o acordar mas percebe que Aleister Black parecia tentar se levantar, logo ele chega com um chute na costela de Black e já encaixa o Rolling Cutter, ele faz uma cera antes de realizar o golpe mas foi o suficiente para Black ter tempo e forças para erguer Mike e jogar nas cordas! Mas não parava por aí! Leg Sweep! E ele continuava o seu ataque, foi até às cordas e Double Foot Stomp bem aplicado! Mas Black logo desaba do ringue enquanto Mike Bennett se contorcia de dores no ringue.

(14:18): O juíz já tinha se recuperado e se deparou com ambos os lutadores caídos no chão e uma cadeira ao lado, ainda zonzo ele tira a cadeira do ringue e passa alguns segundos esperando a reação de algum lutador, e eles reagem! Ambos vão as cordas tentar pegar algum apoio para se levantar, Mike se levanta primeiro e vai logo ao ataque, mas chegando perto de Black é recebido por um Chest Kick! E LOGO POR UM BLACK MASS! MAS MIKE BENNETT MESMO TENDO RECEBIDO O GOLPE CONSEGUIU SAIR PARA FORA DO RINGUE ONDE DESABA! Aleister Black lamenta o ocorrido mas volta as cordas para recuperar o fôlego.

(16:54): Mike parecia se levantar aos poucos e Black percebe isso e vai as cordas pegando impulso para um TOP CON HILO!… Mas na verdade era só a sua cambalhota e termina ela com a sua famosa pose ao centro do ringue, Mike Bennett vai para dentro do ringue tentando tirar proveito mas Black é mais rápido! ROUNDHOUSE KICK! E LOGO ELE EMENDA COM UM BRIDGING GERMAN SUPLEX! E VAI PARA A CONTAGEM!

1… 2… E…

KICK-OUT!

O público reage bem e começam a dar alguns aplausos.

(19:30): Aleister Black não parecia ter forças suficiente para aplicar um Black Mass que poderia acabar com a luta, então ele tem uma opção interessante em seu arsenal, ele espera Mike ficar numa posição favorável para seu golpe, Mike vê Black de guarda baixa e tenta um soco em seu queixo mas Black esquiva! E CONSEGUIU O QUE QUERIA, O ANTI CROSS JÁ ESTAVA ENGATADO!

Mike não parecia ter mais forças para chegar até às cordas e muito menos escapar, ele resiste por alguns segundos mas quase acaba caindo por completo, ele conseguiu se apoiar com um joelho na lona e deixou a outra perna firme, o juiz vai conferir se a luta já poderia ser encerrada, MAS BENNETT CONSEGUE AINDA TER FORÇAS E SE JOGA NAS CORDAS COM UM PULO MESMO COM ALEISTER BLACK PRENDENDO SEUS BRAÇOS! 

(21:00): Após o juíz ter separado os dois nas cordas, ambos não tinham mais forças para aplicar golpes mais fortes, eles começam novamente uma trocação de socos no centro do ringue, a cada soco o público reagia bem, Mike e Black estavam tão obcecados em acabar logo com a luta naquele momento, que pararam de se preocupar com a defesa, ambos davam fortes socos no rosto, o público presente gostava do via, Aleister Black em um de vários socos dessa trocação acaba dando um PUTA TAPÃO na cara de Bennett, revidando os que ele tinha tomado no começo da luta! Mike Bennett não esperava por isso, e logo Aleister vai para um BLACK MASS! MAS MIKE BENNETT APLICA UM SUPERKICK PERFEITO NA PANTURRILHA DE BLACK DURANTE O GIRO, BLACK ESTÁ DE COSTAS E MIKE NÃO PERDE TEMPO, ROLLING CUTTER! E SEM PERDER TEMPO ELE VAI PARA A CONTAGEM! 1… 2… E…

.

.

.

.

.

.

3!

Vencedor: Mike Bennett [2-3 Messiah]

Mike fica sentado dentro do ringue enquanto mesmo sem acreditar comemora sua vitória em cima de Aleister Black, ele pede uma bandeira do Canadá e passa a comemorar com ela enquanto os comentaristas falam como está o placar das equipes.

Intervalo…

E está na hora do combate principal, o qual decidirá o vencedor da competição. O Team Canada é o primeiro a realizar a sua entrada até ao ringue enquanto toca “Dance Away”. Depois, toca “Hero” e Seth Rollins aparece acompanhado pelo restante Team Messiah.

12-Man Elimination Team Match: Team Canada (Kevin Steen, Kyle O’Reilly, Mike Bennett, Dolph Ziggler, Christian e Keith Lee) vs Team Messiah (Seth Rollins, Justin Gabriel, Aleister Black, Pete Dunne, Gunnar Nelson & Adam Cole)

(4:02) Cole e Ziggler dividiam o ringue e realizavam uma rápida trocação de socos tão forte que deixa os dois homens atordoados de pé. Dando um passo atrás, ambos os homens tiveram a mesma ideia e acabaram acertando um Superkick ao mesmo tempo que deixou ambos inconscientes. No entanto, Ziggler demorou mais a cair e fê-lo para cima de Cole. O árbitro contou e o “Undisputed” foi eliminado.

Adam Cole foi eliminado.

(4:38) Com Ziggler caído devido ao Superkick proferido por Cole, Justin Gabriel rapidamente aplicou um 450º Splash para o eliminar e equilibrar as contas.

Dolph Ziggler foi eliminado. 

(9:10) Christian e Black dividiam o ringue com o canadense mantendo algum domínio sobre o holandês. Black reverte o Irish Whip e envia Christian ao corner, porém, quando se aproxima do mesmo, é recebido com um Pendulum Kick que o derruba. Christian prepara o Spear, ele corre, mas Black lhe acerta com um chute frontal na cabeça seguido de um Black Mass. Ele se deixa cair para cima do canadense e a contagem é de três.

Christian foi eliminado.

(12:03) Após a eliminação, Black passou o tag a Dunne que entrou em representação do Team Messiah. Do lado oposto, encontrava-se Bennett que mantinha um certo domínio da luta até aplicar um Miracle in Progress para eliminar o britânico.

Pete Dunne foi eliminado. 

(16:56) Black estava de regresso ao ringue e tentou aplicar um Black Mass Em O’Reilly, no entanto o canadense foi mais rápido e conseguiu pegar a sua perna ainda no ar e prender um Ankle Lock. Ele prende o golpe no chão de modo a não evitar a fuga de Black e o mesmo acaba por ceder.

Aleister Black foi eliminado.

(17:38) Gunnar Nelson entra rapidamente em ringue e nem deixa KOR se defender, pois acerta uma forte e rápida trocação de chutes e socos que o deixam atordoado. Steen tenta se esticar para passar o tag ao seu parceiro, porém não consegue e Kyle é recebido por um potente Reversal Head Kick que o apaga. A contagem é meramente académica.

Kyle O’Reilly foi eliminado.

(23:02) Os homens legais eram Mike Bennett e Seth Rollins, sendo o representante do Team Canada a ter vantagem nesta altura. Ele atacar o seu adversário com alguns Elbow Drop com o Messiah no chão, tentando finalizar a sequência com um Diving Elbow Drop. No entanto, Gunnar Nelson tenta entrar o ringue, o que distrai o árbitro e dá a chance de Gabriel empurrar Bennett das cordas. O Miracle cai desamparado no tapete e isso permite que Rollins o elimine com um Curb Stomp.

Mike Bennett foi eliminado.

(28:03) A vantagem estava com o time de Rollins que ainda tinha três homens contra apenas Kevin Steen e Keith Lee. Steen estava em ringue dominando Gabriel e passa o tag a Lee com ambos executando um Double Suplex. Lee faz o Irish Whip, porém, quando Gabriel embate nas cordas, Gunnar realiza o “tag cego”. O “Limitless” ergue Gabriel quando o recebe, mas este consegue se esquivar e Nelson aplica um Reverse Head Kick que elimina ele.

Keith Lee foi eliminado. 

(28:49) O islandês comemora a eliminação de Lee, porém Steen o surpreende e aplica um Stunner seguido de um Package Piledriver que o elimina.

Gunnar Nelson foi eliminado.

(34:28) Steen se encontrava sozinho contra Justin Gabriel e Seth Rollins, porém o mesmo se recusava a desistir e lutava pela honra do seu time. Apesar da desvantagem numérica, o canadense conseguiu aplicar um Electric Chair em Gabriel e atingiu Rollins que se encontrava na apron. Após isso, ele aplicou um Steenalizer em Gabriel que ditou a sua eliminação.

Justin Gabriel foi eliminado.

(35:13) Rollins se apercebe que é o único membro do seu time e parece mostrar sinais de preocupação, porém ele adentra em ringue onde encara Steen. Eles se agarram algum tempo depois, onde o canadense consegue ganhar na força e empurra Rollins contra as cordas. O árbitro o manda soltar e conta até cinco, porém Steen o larga aos quatro. No entanto, Rollins se aproveita dessa situação e aplica um Eye Rake sem o árbitro ver. Ele segue isso com um Chop Block que deixa a perna esquerda do Pure Champion em estado ruim. 

(36:46) Ele continua a focar a sua energia na perna de Steen, mantendo um hold preso no tapete. O público tenta puxar pelo canadense e ele parece ganhar algumas forças. Ele dá alguns socos em Rollins que o fazem soltar a manobra. Ambos se levantam, mas o Messiah consegue acertar um Enziguiri que coloca Steen atordoado de joelhos. Rollins ganha balanço para um Curb Stomp, ele corre…POP-UP POWERBOMB!! Steen ergue Rollins e tenta aplicar um Steenalizer, mas Rollins consegue evitá-lo com todas as suas forças e se agarra ao corner, onde soca a cabeça do seu oponente que finalmente o larga. Steen tenta atacá-lo, mas Rollins acerta um Kick na sua cabeça que o afasta alguns metros. O Messiah se ajusta no corner e aplica um Blockbuster seguido do pin. 1…..2….NÃO! Steen conseguiu dar kick-out no último segundo.

(38:02) Rollins não acredita que Steen se conseguiu salvar da manobra e reclama com o árbitro dizendo que deveria ter contado mais rápido. Isso deu a Steen alguma margem para recuperar e se levantar com ajuda do corner. Rollins corre na sua direção e tenta o Stinger Splash, mas o canadense se desvia a tempo. Só que o Messiah já esperava isso e conseguiu saltar diretamente para a segunda corda, onde saltou de seguida para a terceira e aplicou um Cross Body…Steen conseguiu o pegar no ar com uma demonstração de força, mas parece estar a começar a ceder com a falta de forças. O público canta por ele e o canadense responde ganhando energia e erguendo Rollins nos ombros para aplicar um Samoan Drop. Ele corre contra as cordas e aplica um Senton seguido do pin. O árbitro conta. 1…….2….NÃO! O Messiah sobrevive.

(40:14) Já ultrapassamos os quarenta minutos de luta e Steen ainda pensa no que fazer para conseguir a vitória. Ele ergue Rollins e grita na sua cara para ficar no chão, mas o Messiah o empurra e aplica um estrondoso Superkick que coloca Steen no chão. Rollins se agarra ás cordas com falta de força enquanto Steen se coloca de joelhos para tentar levantar. Ele acerta mais um Superkick, mas Steen dá no-sell e permanece na mesma posição. Ele grita para Rollins lhe bater com mais força. O Messiah recua e ganha energia para o acertar novamente, mas Steen o ergue numa tentativa de aplicar novamente o Pop-Up Powerb…CANADIAN DESTROYER!! Rollins evitou a manobra e girou sobre o corpo do seu adversário para aplicar o golpe. Steen se encontra sentado quase sem sentidos e sofre um novo Superkick. Mesmo com todos esses golpes, o canadense insiste e se tenta erguer, mas…CURB STOMP!! Rollins faz o pin. 1…….2……….3! Rollins consegue a vitória. 

Vencedor e único sobrevivente: Seth Rollins

“Hero” ecoa para que Rollins possa assim celebrar a sua vitória, a qual colocou o placar final em 4-2 a seu favor. Os seus parceiros aparecem para o ajudar a recompor e o levantam no alto para comemorar. O Live Event terminar com eles erguendo o troféu da competição no alto.

Fim de show.