HOW Fantasy – Chapter 24: “Enfrentando o Lobo Solitário”

Fábio Pontes 14/06/2020

Na noite deste sábado, a House of Wrestling realiza mais um dos seus capítulos semanais diretamente da Long Beach Arena em Long Beach, Califórnia.

Estas são as lutas marcadas:

  • Main Event – Atlas Championship Match: Luke Harper (c) vs Baron Corbin
  • Singles Match: Goldberg vs Sheamus
  • Singles Match: AJ Styles vs Apollo Crews
  • Singles Match: Angel Garza vs Cesaro
  • Triple Threat Match: Drew McIntyre vs Austin Theory vs Aleister Black
  • 6-Man Tag Team Match: Jon Moxley, Matt Riddle & Johnny Gargano vs Rey Mysterio, Randy Orton & WALTER

Estes são outros destaques:

  • O HOW Champion Sami Zayn convida CM Punk a ir até ao ringue para demonstrar as suas reais intenções.
  • Keith Lee vai abordar a sua vitória sobre o HOW Champion e o seu futuro como Intercontinental Champion.
  • O Pure Champion Christian vai até ao ringue responder aos sucessivos ataques de Jimmy Havoc.

Tudo isso e muito mais, sábado, a partir das 18h, aqui na House of Wrestling.

Cobertura: 

O show se inicia em Long Beach com a habitual saudação dos nossos comentaristas que fazem um grande anúncio entretanto. Eles dizem que o próximo PPV da empresa será o HOW Rebirth e que se realizará no dia 27 de junho em Londres, na The O2 Arena.

Toca “Limitless” e o Intercontinental Champion Keith Lee realiza a sua entrada até ao ringue sob uma enorme ovação dos fãs presentes na arena. Enquanto o faz, assistimos aos momentos mais marcantes da sua vitória sobre o HOW Champion Sami Zayn na semana passada.

Lee: Mas que viagem tem sido nas últimas semanas. Ter pisado o maior palco de todos para defender este cinturão que tenho ao ombro contra outros dois grandes lutadores foi magnífico, mas há sete dias atrás, a sensação não foi diferente. Entrei neste ringue e bati de frente com o HOW Champion Sami Zayn e, contra todas as probabilidades, o derrotei apesar das constantes interferências por parte de Robert Roode. Este último tentou me contratar para a sua organização, porém, como lhe disse na cara, eu me recuso a me juntar a grupos que não respeitem os meus ideais. O meu nome cobriu as capas dos principais jornais esportivos. “Keith Lee venceu o HOW Champion”, “Lee se mostra apto para patamares mais elevados”, “Estaremos na iminência de um novo campeão mundial?”. Não posso negar, senti orgulho ao olhar para elas, no entanto, está na hora de voltar à realidade. 

Lee: Eu venci Zayn? Sim, venci, mas a minha responsabilidade atual é defender o Intercontinental Championship, não me podendo distrair com rumores sensacionalistas. Quando me tornei campeão, prometi a mim mesmo que iria honrar o seu prestígio, o colocando em níveis semelhantes ao que Chris Hero, que tem o meu respeito, colocou. Não é a minha mentalidade me esconder atrás de um cinturão simplesmente para dizer que sou o ‘melhor’, deixo isso para egos inflados como o de Kevin Steen, Kyle O’Reilly ou até mesmo Sami Zayn. O cinturão em si não tem significado nenhum, é o campeão que faz dele algo importante, e é por tornar este no cinturão mais procurado da empresa que eu trabalho todos os dias. Sempre que entro neste ringue, eu coloco as melhores performances possíveis, não me importando se enfrento o campeão mundial ou apenas o homem que trata da limpeza da arena. Para tal, eu preciso de um novo desafiante que me leve até aos limites no Rebirth, então desafio qualquer nome lá atrás a vir até este ringue.

O campeão fica esperando durante alguns instantes, finalmente toca “Basic Thuganomics” e John Cena surge com um bom pop dos fãs, se dirigindo até ao ringue para ficar de frente a Lee.

Cena: Ora bem, o que temos aqui? Parece que é um campeão lutador que me faz lembrar a mim mesmo como campeão numa outra empresa. No entanto, desta vez, eu estou no lado oposto… Isso é algo que senti poucas vezes na minha carreira e confesso que ainda me é um sentimento algo estranho. Mas pronto, você está desafiando qualquer um daquele balneário e eu estou aqui em busca de me tornar campeão. – Cena se entusiasma – E aposto que cada um deste fãs também querem ver isso a acontecer, não é pessoal? – fãs dão um pop – Então, Keith Lee, acho que, no Rebirth, nos veremos neste ringue para disputar esse cinturão que tem no seu ombro!

Lee: John Cena, confesso que me senti surpreendido por ter respondido ao meu desafio, mas gostei que tenha sido você a fazê-lo. Não tenho muito a dizer, eu desafiei alguém, você apareceu, então podemos dizer que a nossa luta é oficial. Traga o melhor de você, pois, como sempre, eu trarei o melhor de mim. Vamos dar um verdadeiro espetáculo naquele ringue para os fãs e possivelmente roubar o show, lhe desejo boa sorte para isso.

Keith Lee estende a sua mão em sinal de respeito, a qual John Cena acaba apertando. O público solta um pop a isso enquanto começamos a ouvir “Basic Thuganomics” e ecoar novamente.

Comerciais…

Vemos Cesaro fazendo alguns exercícios no backstage para se aquecer para a luta de mais tarde até que aparece Enzo Amore. O suíço faz uma pausa no seu aquecimento para o ouvir.

Enzo: Hey Cesaro, tenho visto as suas últimas lutas e pensei que precisasse de alguém para o acompanhar esta noite, pois vejo que não tem alcançado os resultados que deseja.

Cesaro: Olha, eu vou aceitar a sua proposta, mas, se, por algum motivo você me causar a derrota, sofrerá consequências.

Enzo: Não se preocupe, dude, vai tudo correr bem. 

Enzo sai do local e Cesaro continua a aquecer. Voltamos à arena já com os vários lutadores da 6-Man Tag em ringue, faltando apenas Randy Orton que entra com “Voices”.

6-Man Tag Team Match: Jon Moxley, Matt Riddle & Johnny Gargano vs Rey Mysterio, Randy Orton & WALTER

(11:04) Num combate bastante animado, Riddle deu a vitória ao seu time após aplicar um Broderek em Mysterio.

Vencedores: Jon Moxley, Matt Riddle & Johnny Gargano

O trio vencedor fica comemorando a sua vitória no ringue até irmos para intervalo.

Comerciais…

Vemos Jeff Hardy em uma promo gravada passando no telão.

Hardy: Vários demônios me assombraram durante a vida, porém isso está mudando. Quando eu entro no vosso ringue, tudo o que há de ruim em mim sai e entra uma nova pessoa, a qual usa os demônios que a possuíram para castigar os seus adversários. Muitos se questionam sobre este novo Jeff Hardy, mas todos irão conhecê-lo melhor em breve.

A promo terminar e no telão aparece que Jeff Hardy estará em ação na próxima semana.

Toca “Club to Another World” e Angel Garza realiza a sua entrada até ao ringue com um pop dos fãs. Logo de seguida, toca “Swiss Made” e Cesaro aparece acompanhado por Enzo Amore.

Singles Match: Angel Garza vs Cesaro c/Enzo Amore

(8:38) Em uma luta morna, o mexicano conseguiu alcançar a vitória após aplicar um Wing Clipper seguido do pin.

Vencedor: Angel Garza

Garza não tem tempo de comemorar e rapidamente é atacado por Enzo Amore que entra em ringue. Cesaro olha para o seu ‘manager’ e se junta ao ataque. No entanto, toca “Done With That” e Roman Reigns corre até ao ringue para salvar o mexicano. A outra dupla bate em retirado enquanto os fãs soltam pop na direção dos ex-parceiros. 

Comerciais…

São mostradas imagens dos ataques causados por Jimmy Havoc a Christian, bem como a vitória deste último sobre Edge na semana passada. Toca “Just Close Your Eyes” e o Pure Champion aparece com um enorme pop do público. Ele cumprimenta os fãs na primeira fila antes de ir pegar em uma cadeira, a qual arremessa para dentro do ringue. O campeão a abre no centro do ringue com o cinturão no seu colo antes de começar a discursar.

Christian: Nas semanas que sucederam a minha conquista, eu tenho todos os possíveis para trazer a dignidade que este cinturão nunca teve. No último show, testei a competitividade do nosso roster e posso afirmar com todas as certezas que mesmo os lutadores que costumam voar mais baixo podem dar uma valente luta a quem está no topo. Não posso negar, Edge me levou ao limite, mas, como um grande campeão que quero ser, consegui manter este cinturão na minha posse. Foi a minha primeira defesa naquele que espero ser um longo reinado como Pure Champion, porém, existe uma pessoa que me anda a perseguir sempre que entro neste ringue. Recentemente, eu convidei Jimmy Havoc a vir até aqui como convidado do Peep Show, mas tudo o que ele fez foi me atacar covardemente. E, na semana passada, ele me atacou antes da luta contra Edge. Não sei qual era o seu objetivo, talvez queria que eu voltasse atrás na minha palavra ou que eu fosse derrotado para haver um novo campeão. Tudo o que sei é que eu sempre mantenho as promessas que faço e, se eu tinha prometido entrar no ringue para defender o título, assim o fiz, pois eu não arranjo desculpas patéticas para fugir às minhas responsabilidades.

Ele faz uma curta pausa no seu discurso e, quando se preparava para retomar, toca “The Art of Suffering” e Jimmy Havoc entra até ao final da rampa sob vaias. Christian apenas vira a cadeira para o stage antes de começar a falar.

Christian: Não me vou preocupar com a sua presença aí, afinal sei que você é covarde o suficiente para me atacar pela frente. Durante toda a minha carreira tive que lidar com gente como você, que se acha dono e senhor da razão, mas que, no fim, a única coisa que sabe fazer é chorar pela derrota que sofreu. Eu o conheço, sei que você se designa como um dos melhores lutadores hardcore da atualidade, mas quero que perceba uma coisa. Eu passei por inúmeras empresas de wrestling, WWE, TNA, indies menos conhecidas, e enfrentei todo o tipo de gente. Mais precisamente, eu tive uma passagem pela ECW que, caso você não conheça, deu a conhecer ao mundo o seu suposto estilo de luta. As lutas eram duras e os adversários difíceis, mas tem um que me levou aos limites. Esse nome é Tommy Dreamer, o “Inovador da violência”, que, naquela noite, me enfrentou em uma Extreme Rules. Eu sei que ele me está vendo neste momento, “Olá, Tommy” – faz um aparte para a câmera – e que está orgulhoso do que fizemos naquele dia. Então eu tenho uma proposta para você, Jimmy. Eu proponho que, no Rebirth, nos enfrentássemos em uma ECW Extreme Rules Match!

Havoc:

Havoc ia falar, mas apenas dá um joinha e vira costas para ir embora sob vaias. “Just Close Your Eyes” toca mais uma vez e Christian se levanta para erguer o seu cinturão.

Comerciais…

Toca “Invasion” e Goldberg realiza a sua entrada até ao ringue sob alguns aplausos dos fãs. Logo de seguida, toca “Written in my Face” e é Sheamus quem entra.

Singles Match: Goldberg vs Sheamus

(0:10): Os lutadores já começaram a trocar socos no início da luta, vendo pela força dos golpes ambos queriam matar o outro alí mesmo, e quem começa a ter a vantagem é Sheamus após vários Uppercut em Goldberg que vai para trás tonteando, ele chega até às cordas e Sheamus com um Clothesline o tenta jogar para fora mas Goldberg se segura e evita a queda e fica na apron, sem perder tempo Sheamus já tenta um Brogue Kick mas Goldberg consegue desviar! Sheamus quase que passa reto mas ficou enganchado nas cordas, Goldberg aproveita que Sheamus estava com uma perna por cima das cordas e logo pega Sheamus e tenta aplicar um Military Press Slam para fora do ringue, mas Sheamus consegue escapar e consegue sair para dentro do ringue enquanto Goldberg ainda estava na apron, mas ele acaba descendo do ringue após perceber de Sheamus tentaria a mesma coisa novamente, e o show vai para os comerciais.

(2:30): De volta dos comerciais ambos os lutadores estão no lado de fora, e novamente é trocando socos! Goldberg consegue a vantagem após jogar Sheamus no ring post, ele vai para o outro lado do ringue post e pega o braço de Sheamus e o bate várias vezes no ringue post. Goldberg volta para dentro do ringue e logo depois é Sheamus que tenta voltar, mas Goldberg o pega num *Suplex e “ajuda” que ele volte ao ringue.

(3:53): Goldberg tinha acabado de tentar um Jackhammer mas Sheamus conseguiu reverter num Drop Suplex, Sheamus continua seu ataque pisando no rosto de Goldberg, e logo tenta o pin, mas Goldberg consegue o kick-out com facilidade.

Sheamus vê Goldberg prestes a se levantar e o pega e logo aplica um Powerbomb! Não contente ele aplica um Cloverleaf em Goldberg, mas este consegue chegar rápido as cordas, mas mesmo assim Sheamus não solta e o juíz tem que intervir na situação.

(5:00): Goldberg ainda estava nas cordas e Sheamus tenta o jogar para fora um Clothesline mas Goldberg se abaixa e Sheamus passa reto e para na apron e não caí por causa das cordas, e dessa vez era Goldberg que iria tentar o Clothesline mas Sheamus consegue reverter num Beast Of The Bodhràn, ele aplica o golpe umas 10 vezes… Na verdade, bem mais que isso! E logo solta Goldberg, mas mesmo assim o ataque continua quando ele aplica um Battering Ram em Goldberg e realiza o pinfall, mas Goldberg saí antes do 2!

(6:46): Sheamus estava com a luta sobre controle, até tentar aplicar um High Cross vê Goldberg escapando e tentando um Spear… Mas Sheamus consegue aplicar um Brogue Kick antes do Spear de Goldberg! Ele logo aplica um White Noise e vê Goldberg resistir e cambalear um pouco, então sem perder tempo ele aplica mais um Brogue Kick e Goldberg vai para trás e se bate o corner e logo volta e Sheamus ia para mais um Brogue Kick mas Goldberg caí de cara um pouco antes do golpe e isso acaba servindo de esquiva para ele. Sheamus totalmente despreocupado sobe o corner e vê Goldberg ainda ter forças para se levantar, quando ele iria aplicar mais um Battering Ram Goldberg reverte em um Powerslam! Mas Goldberg sente os golpes anteriores e prefere se recuperar um pouco do que fazer o pinfall.

(8:35): Com Sheamus num corner e Goldberg no outro, eles caminhavam até o centro para começarem a trocar socos, mas Sheamus vai com tudo e é recebido com um Spinebuster! Goldberg continua seu ataque com um Military Press Drop e Sheamus tenta com toda as suas forças chegar ao corner logo após a queda, e ele consegue! Mas ele não esperava por um SPEEEEAR DE GOLDBERG COM SHEAMUS NO CORNER!

Com o impacto a corda central se solta, mas não impede que Goldberg continue seu ataque! Goldberg pega Sheamus e logo aplica um Jackhammer e o juíz vai realizar a contagem!

1! 2! E 3! 

Só um milagre para Sheamus escapar dessa! E Goldberg faz mais uma vítima!

Vencedor: Goldberg

Goldberg comemora no ringue e vamos até ao backstage. Vemos Lio Rush espreitando por todos os lados para ver se tem alguém para lhe tirar o 24/7 Title. Ele chega a um corredor e olha atentamente por ele, não vê nada e se preparava para avançar quando… Goldust aparece nas suas costas e lhe aplica um Low Blow. Rush cai agarrado às suas bolas enquanto Goldust faz o pin e conquista o cinturão. Ele foge de seguida.

Comerciais…

Vemos Shane Strickland conversando com Luke Harper no backstage. O ex-campeão mundial tem um pequeno golpe ainda visível na testa, onde teve que levar agrafos na semana passada.

Harper: Você tem a certeza que está tudo bem com você?

Strickland: Sim, irmão, já sofri surras maiores, isto não é nada.

Harper: E acha que pode confiar em Kyle O’Reilly? Eu não tenho boas razões para acreditar que ele possa realmente ajudar você a encontrar o seu atacante.

Strickland: Sabe, eu também tenho as minhas dúvidas quanto a ele, mas vamos ver o que ele tem para me dizer. Ouvi dizer que você vai defender o seu título frente a Corbin, boa sorte nisso.

Shane dá dois tapinhas no ombro do seu parceiro e abandona o local em direção à Gorilla Position. Toca “Swerve’s House” e Strickland corta o stage em direção ao ringue sob uma enorme ovação dos fãs.

Strickland: Como puderam ver, eu fui atacado à traição na semana passada. Ainda tenho esta marca aqui na minha testa, pois bati com a cabeça numa caixa de equipamentos ao cair e sofri uma ligeira concussão que me causou tonturas durante o resto daquele dia. Mas eu estou melhor e pronto para subir a este ringue para enfrentar o meu agressor. Kyle, eu não sei o que você tem a dizer, porém pode vir até ao ringue. 

São esperados alguns instantes até tocar “Lightning & Thunder” e KOR realizar a sua entrada até ao ringue. O ex-World Champion fica algo desconfiado.

Strickland: Eu não confio em você, que isso fique claro. Apenas o chamei porque disse que tinha coisas para me contar, então desembuche. 

KOR: Calma, Shane. Você acha que eu iria ter todo esse trabalho para nada? Eu fui até à zona onde as gravações das câmeras são realizadas e sabe o que eu tenho aqui? Isso mesmo, eu consegui a gravação que mostra o exato momento do seu ataque e que exibe o agressor. Podem rolar as imagens.

No telão, vemos as ditas imagens e Strickland fica olhando bastante atento para elas, tendo inclusive se aproximado ás cordas para tal. Podemos assistir ao final da conversa que ele teve com Luke Harper na semana passada, onde o Atlas Champion acabou abandonando o local. Strickland é visto sozinho antes do ataque mexendo no seu celular quando… 

É exibida a mensagem de erro no vídeo. Strickland se vira rapidamente para encarar KOR, no entanto acaba sendo golpeado com o microfone novamente na sua testa machucada, o derrubando. O canadense lhe atinge com alguns socos no local antes de o erguer e aplicar um Brainbuster. O público vaia, porém ele pega no microfone e fala agachado para Shane.

KOR: Eu fui o seu atacante, Shane. Todas as semanas eu ouvia as suas baboseiras como campeão e as mesmas continuam mesmo depois da sua derrota. Eu estou farto desse seu discurso patético e tudo isso culminou no meu ataque a você na semana passada. Alguém precisa de acabar com a farsa que você é, e esse alguém será eu. Eu lhe desafio para uma luta no Rebirth, então, quando acordar, espero que você seja homem o suficiente para aceitar o meu desafio!

O canadense se ergue e arremessa o microfone contra Shane sob enormes vaias. Ele abandona o ringue enquanto fazemos um intervalo.

Comerciais…

Toca “Phenomenal” e AJ Styles realiza a sua entrada até ao ringue sob vaias dos fãs. O seu adversário de hoje, Apollo Crews, surge logo depois com “Cruise Control”. Antes do combate se iniciar, toca “I Came to Play” e The Miz entra em direção da mesa de comentaristas, o que faz Styles ficar desconfiado com a sua presença.

Singles Match: AJ Styles vs Apollo Crews

(00:10) O combate se inicia, contudo Styles torna suas atenções em Miz que estava do lado de fora do ringue, Apollo questiona se AJ iria focar nele, mas logo foi surpreendido por AJ que parte para cima de Crews com um Clothesline , derrubando ele no chão, nisso AJ começa a acertar Apollo com uma sequência de Fury Stomps, fazendo a crowd o vaiar, AJ para pôr um momento e volta a focar em Miz que estava na mesa, Miz apenas sorri, enquanto Styles olha para ele e depois volta para o combate, contudo Crews o surpreende com um Roll-Up

.

.

.

1!

.

.

.

2!

.

.

.

Styles escapa e logo se levanta, e tenta acertar Apollo com outro Clothesline, mas Apollo passa por baixo de seu braço e  acerta Styles com um Enzuigiri, fazendo Styles sair do ringue, Apollo pega impulso nas cordas e atinge Styles com um Suicide Dive, levando a crowd ao delírio.

(04:34) Apollo tentava atingir Styles com um German Suplex, contudo Styles impedia ele com uma sequência de cotoveladas em sua costelas, Styles consegue escapar e aplica o Styles Suplex Special, ele rapidamente se ergue e coloca Crews na posição do Pumphandle Gutbuster, ele tenta o pin, porém sem sucesso, já que Crews escapa no 2, Styles indignado começa a discutir com o referee, que diz que o combate não acabou ainda, Styles se ergue e começa novamente a chutar Apollo e pedir para ele levantar logo, Apollo levanta e Styles tenta o Phenomenal Blitz, mas Crews escapa e aplica um Overhead Belly to Belly Suplex, Styles se levanta, porém é derrubado com uma sequência de 2 Clothesline, ele levanta e vai em direção ao corner, onde Apollo atinge com um Jumping Clothesline, Styles começa a ir pro centro do ringue, e Crews o segue, Styles tenta atingir Apollo, mas ele escapa e na volta atinge com outro Jumping Clothesline, ele se ergue e começa a fazer suas taunts levando a crowd ao delírio.

(09:37) É mostrado o momento no qual Styles escapa do Gorilla Press Drop e atinge Apollo com um Rack Bomb, no qual fez Apollo sair do ringue, Styles saia do ringue e antes de ir na direção de Apollo, Styles ia até Miz e o encarava com um olhar sério, Miz se levanta e começava a falar com Styles para se focar no combate, Styles se virava, todavia surpreendeu Miz o acertando um soco em seu rosto, Styles então corre, pega impulso nos degraus de aço e atinge Apollo com um Jumping Clothesline, depois ele começa a fazer suas taunts e a reclamar com um fã que estava na primeira fileira, ele então pega Apollo e joga ele de volta no ringue, ele sobe no apron, no qual faz o referee encerrar a contagem para os lutadores retornarem ao ringue e aplica um Springboard 450° Splash, Styles não vai para contagem e coloca Apollo na posição para o Styles Clash, mas Apollo consegue escapar, lançando Styles por cima dele e o pega na posição para aplicar o Apollo B- Styles escapa no último segundo ao reverter o Powerbomb num Hurricanrana, ele tenta a contagem…

.

.

.

1!

.

.

.

2!

.

.

.

Crews escapa e AJ na volta coloca na posição para o Ushigoroshi, ele começa a contagem novamente…

.

.

.

1!

.

.

.

2!

.

.

.

Crews escapa novamente e Styles se irrita novamente.

Miz: Verdade, Mauro, ele está a dominar a luta, mas eu lhe pergunto: “Quem raio é Apollo Crews?” É que até eu me sentiria envergonhado se AJ não conseguisse controlar uma luta deste nível, afinal Apollo consegue ser ainda mais fraco que ele. Eu vim até aqui tentar descobrir o quão bom é Styles, mas a única coisa que entendi é que ele apenas tem coragem para enfrentar jobbers. 

(12:48) Styles e Crews trocavam socos no ringue, mas Styles se sobressaiu ao conseguir aplicar o Phenomenal Blitz, Styles tenta o Diving Knee Drop, Mas Crews escapa,  ele tenta atacar, mas Styles o surpreende ao desviar e aplicar o Pelé Kick… CREWS SE MANTEM EM PÉ E APLICA UM STANDING SHOOTING STAR PRESS, Apollo cai em Styles e o Juiz inicia a contagem…

.

.

.

1!

.

.

.

2!

.

.

.

Styles ergue o ombro, os dois lutadores ficam no chão, o referee se começa a contagem e os dois lutadores se erguem, Styles surpreende Crews com um Calf Crusher, Crews começa a se rastejar pelo ringue e tenta alcançar as cordas, até conseguir. Styles larga a submissão e passa por de baixo das cordas, ajusta sua cotoveleira e aplica um Phenomenal Forearm, mas não vai para a contagem, ele pega Crews e coloca na posição para o Styles Clash, ele faz a taunt… Miz aparece no apron e começa a distrair Styles que larga Crews e vai na direção de Miz, que consegue escapar, Styles começa a gritar com Miz que apenas da um sorriso, Styles fica encarando Miz, ele se vira… Apollo pega AJ e aplica o Gorilla Press Drop, seguido do Standing Moonsault e depois de um Shooting Star Press ! Ele vai para a contagem…

.

.

.

1!

.

.

.

2!

.

.

.

3!

Apollo consegue surpreender todos e vence o combate.

Vencedor: Apollo Crews

Crews comemora a sua vitória e acaba saindo da arena cumprimentando os fãs presentes na primeira fila. Styles se ergue lentamente surpreendido pela sua derrota. Miz entra em ringue para o tentar atacar, porém o “Phenomenal” vê isso a partir do telão e sai do ringue a tempo. Styles olha para o “A-Lister” que está no ringue e faz sinal de negação com o seu dedo indicador antes de ir pegar em um microfone.

Styles: Eu estou farto dos seus joguinhos, Miz, então vamos diretos ao assunto. Você pensa que eu só enfrento lutadores fracos, não é isso? Bem, então parece que enfrentarei mais um desses jobbers no Rebirth, porque eu estarei enfrentando você nesse ringue. Espero que seja dessa que finalmente você cala a m**** da sua boca, já ninguém o consegue aturar mais!

Toca “Phenomenal” e Styles encara Miz sob um pequeno pop vindo de fãs que estão realmente fartos de Miz. Vamos para uma pausa de seguida.

Comerciais…

No backstage, vemos Wade Barrett junto a Renee Young para dar uma entrevista.

Young: Obrigado por aceitar esta entrevista, Wade. Gostaria de lhe perguntar o que se passa entre você e Dolph Ziggler.

Barrett: O que se passa entre nós é muito simples, Renee, Ziggler tem inveja de mim e está tentando fazer de tudo para roubar o seu dito ‘espetáculo’. Ele sabe que eu estou num nível bastante ao seu, mas não aceita isso e parece querer mais uma das suas patéticas humilhações. Ele nem foi homem suficiente para me tocar na semana passada, tendo apenas desaparecido e sumido em questão de segundos. Se ele pensa que aquela derrota manchou a minha carreira, então devo dizer que ele está bastante enganado. Todos vocês me viram a dominar John Cena, seria uma questão de minutos até o derrotar. Ziggler só se mostrou uma vez mais como alguém que não sabe aceitar o seu papel na empresa.

Entretanto, o próprio Ziggler aparece no local e encara o britânico antes de falar.

Ziggler: Você se acha muito importante, não é mesmo? Eu enfrentei vários caras iguais a vocês nesta empresa e em outras e posso dizer que todos eles estão fadados ao fracasso. Mas parece que apenas existe uma forma para resolvermos as coisas e ela é no ringue. Então, eu o desafio para uma luta, no seu país de origem, daqui a duas semanas no Rebirth. E irei mostrar perante a sua nação o quão fracassado Wade Barrett pode ser. 

Barrett: É claro que eu aceito o seu desafio, fedelho. Todo o mundo ficará a saber aquilo que tenho dito ao longo dos últimos tempos, que você não passa da humilhação em forma humana!

Eles se voltam a encarar até que voltamos até à arena. Toca “Broken Dreams” e Drew McIntyre realiza a sua entrada até ao ringue. Austin Theory surge depois com “Riding the Edge”. Por fim, Aleister Black aparece ao som de “Root of All Evil”. 

Triple Threat Match: Drew McIntyre vs Austin Theory vs Aleister Black

(10:42) Nos instantes finais da luta, Theory foi arremessado por McIntyre para fora do ringue antes do escocês aplicar um Claymore em Black para chegar à vitória.

Vencedor: Drew McIntyre

O escocês se ergue e comemora a sua vitória com um pop vindo da plateia, porém Theory, que estava caído fora do ringue, adentra o mesmo e o atacar pelas costas, finalizando com um Ataxia. Os fãs vaiam, mas o jovem lutador celebra o seu ataque antes de fazermos uma pausa.

Comerciais…

O novo 24/7 Champion Goldust está caminhando pelo backstage quando de repente ele vê grande parte dos lutadores correndo em sua direção pelo seu título

Santana Jackson aparece e ajuda Goldust, o guiando até sua sala no vestiário.

Santana: “Vamos, por aqui Gold, aqui você está seguro”

Santana fecha a porta, e junto com Goldust espera o restante dos lutadores saírem de perto. De repente, os 2 wrestlers ouvem uma batida na porta e Goldust abre. Era um homem que aparentava ser um entregador de pizza, e Goldust questiona:

Goldust: “Quem diabos é você? Não pedi nada!”

Santana sorri para o homem que revela ser um árbitro e Goldust, sem entender nada, é pinnado por Santana Jackson que vence o 24/7 Title e vai embora.

Vamos até à arena, onde toca “I Am The Enemy” e Sami Zayn aparece acompanhado por Robert Roode em direção do ringue sob uma chuva de vaias dos fãs presentes em Long Beach.

Roode: Cara escumalha que paga ingresso para ver o vosso HOW Champion subindo a este ringue, peço que façam silêncio para que Sami Zayn possa discursar.

Zayn: Como foi visto para milhões de pessoas em redor do mundo, uma certa pessoa está ousando atravessar o caminho da grandeza para me tentar derrubar. Mas, CM Punk, quero que fique bem claro que será preciso muito mais que aquilo que fez para me deitar abaixo. Vamos esclarecer as coisas aqui, pois parece que você ainda não entendeu como a hierarquia funciona. Eu possuo este cinturão, sou o campeão e a cara desta maldita empresa enquanto você me deve olhar de baixo para cima. A sua ousadia em nada o beneficia, porém vamos resolver isto civilizadamente neste ringue. Pode vir até aqui e explicar-me quais são as suas verdadeiras intenções, isso se tiver algumas.

Um silêncio perdura por instantes até finalmente ecoar “Cult of Personality” e Punk surgir com uma enorme ovação dos fãs. 

Punk: O que eu quero é bastante claro, Sami. Desde o HOWnniversary que esse cinturão aí não tem um verdadeiro campeão. Strickland o fez ter honra e prestígio enquanto você apenas o fez perder todo o brilho que tinha. Tudo o que você fez foi comemorar a sua conquista, não se preocupando minimamente em procurar um desafiante para defender no próximo PPV. Você me mete nojo, aliás, não só a mim, mas como também a todas estas pessoas que pagam ingresso para ver um show digno. E sabe, a minha alcunha de “Best in the World” não é um mero acaso. Eu luto, não fujo, dou exibições de enorme qualidade neste ringue que por si só pagam o valor do ingresso e coloca o nome de CM Punk nas bocas do mundo. O que quero? Acho que o meu discurso disse tudo, quero esse cinturão que você tem no seu ombro para o elevar para os patamares que merece. Afinal, atualmente, parece que o Intercontinental Title é o principal título desta empresa e Keith Lee tem um enorme mérito no trabalho que tem feito. 

Zayn: Ouça bem o que eu vou dizer, Punk, porque não o vou repetir. Eu sou o campeão principal desta empresa, não preciso ir atrás de ninguém para combater. Eu não sou um predador, pelo contrário, eu sou a presa e são todos os que almejam este cinturão que devem tentar arranjar forma de enfrentar. Mas parabenizo você, parece que foi o único a ter bolas para vir frente a frente comigo para me desafiar. Todos os outros sabem que iriam fracassar e nem tentaram a sua sorte, mas você, mesmo sabendo que vai ser derrotado, teve bolas para vir até aqui. Eu aceito o seu desafio, mas fique sabendo que não estará somente me enfrentando a mim, como toda a Robert Roode Corporation.

Zayn dá um olhar na direção de Roode e ambos se preparam para partir para cima do desafiante até que…Toca “Judas” e Chris Jericho caminha até ao ringue, ele olha para Punk e parece estar ali para o ajudar a combater com a situação. Punk fica confiante por não estar mais em desvantagem numérica, mas… CODEBREAKER!! Jericho surpreendeu o desafiante ao HOW e o colocou inconsciente no tapete. O Y2J é altamente vaiado pelo público, mas cumprimenta Robert Roode e Sami Zayn antes dos três homens comemorarem sob vaias. 

Comerciais…

E está na hora do combate principal da noite que vai valer o Atlas Championship. O desafiante ao título, Baron Corbin, é o primeiro a entrar ao som de “Brotherhood”, sendo vaiado. Ele entra com as luzes da arena apagadas enquanto um lobo solitário o acompanha no telão. Logo de seguida, toca “Swamp Gas” e o campeão Luke Harper surge com uma ovação.


Main Event – Atlas Championship Match: Luke Harper (c) vs Baron Corbin

(0:15) O gongo soa e Corbin imediatamente foge para o ringside e manda a crowd se calar. O Lone Wolf pede silêncio enquanto caminha pelo ringside pensando em estratégias – Luke Harper acelera contra as cordas e vai para um Suic- o campeão apenas agarra as cordas superiores e provoca seu adversário que fugiu para a rampa!

(4:13) Voltando dos comerciais, é nítido que somente Harper teve o controle desse combate nos momentos iniciais na disputa de clinch. O Backwoods Brawler carregou o Lone Wolf com um Bearhug pelo ringue – Corbin consegue reagir com cotoveladas e faz força para um Irish-Whip, mas Harper consegue reverter a força e puxa Baron Corbin para cima de si e vai para um Half-Nelson Sup- o desafiante consegue um pisão no pé do campeão! Corbin puxa o Survival Son pela barba e o joga com a cabeça no tablado!

 Baron Corbin montou nas costas de Harper e o acertou com diversos socos na nuca e o prendeu com um Sleeper Hold!

(6:30) Corbin torturava Harper com um Shoulder Claw – o campeão se esforça para reverter com um Sidewalk Sl- Corbin consegue acertar o joelho no rosto de Harper! O Lone Wolf vai para um rápido Back Sup- Harper consegue o Backflip no ar e cai de pé nas costas! Corbin foge para as cordas e pega impulso – Harper pula com um Leapfrog por cima! Corbin corre para as cordas do lado oposto e pega mais impulso e – RUNNING DROPKICK DE HARPER! Corbin é arremessado para fora do ringue!

 Harper pega impulso e se lança com um Suicide Dive! CORBIN O SEGURA PELO PESCOÇO NO AR! DEEP SIX NO CHÃO DE CONCRETO! Corbin vê a vantagem que conseguiu e levanta Harper com um Powerslam e arremessa o campeão com um Snake Eyes de cabeça no ringpost! Harper parece desacordado após o impacto! Vamos aos comerciais com o zoom no corte que foi aberto na testa do campeão após o acidente!

(9:00) É mostrado o momento durante os comerciais em que Harper foi capaz de vencer a contagem ao retornar ao ringue no 9, mas rapidamente recebeu um forte Haymaker de Corbin! O Lone Wolf controlou o combate com um Hal-Nelson Choke no meio do ringue!

 Ao vivo, Harper consegue reverter um Front Chancery ao arremessar Corbin com um Flapjack de barriga no tablado! O Backwoods Brawler cambaleia e se escora no corner mais próximo tentando recuperar seu fôlego!

 O campeão vê o desafiante se erguendo e já busca impulso nas cordas mais distantes e vai direto para a corda oposta para buscar mais impulso para um Big B- Corbin reverte com um Spinning Sidewalk Slam! O Lone Wolf se ergue já gritando com a crowd! Ele recebe grandes vaias, mas apenas absorve elas com seus braços abertos enquanto Harper se arrasta para próximo do desafiante e agarra sua bota – Corbin responde com um pisão nas costas do campeão e vai para um Camel Clutch no centro do ringue!

 Não demora muito para Harper reverter ao impulsionar sua lômbar para cima e catapultar Corbin para fora do ringue pelo meio das cordas! Harper limpa o sangue nos seus olhos e se ergue com auxílio das cord- Corbin puxa o campeão pelas pernas e o joga no ringside! O Lone Wolf não perde tempo e arremessa Harper com um Chokeslam na quina da mesa dos comentaristas! 

 Corbin carrega Harper de volta ao ringue e tenta a contagem e…

.

.

1!

.

.

.

.

2!

.

.

 Harper consegue o kickout e já tenta proteger sua coluna! 

(12:00) Corbin amarrou os braços de Harper nas cordas superiores e médias e abusou da vantagem para acertar uma sequência de fortes socos diretos no campeão! O árbitro repreende o desafiante e o afasta do campeão e tenta soltar o campeão. Corbin ignora o árbitro e tenta abrir mais a ferida na testa do campeão – o árbitro repreende mais o desafiante – Corbin não percebe que Harper se soltou e o acerta com um forte tapão! Harper acelera – Corbin reverte com um Deep S- Harper consegue escapar e cai em pé já arremessa Corbin com um forte Irish-Whip para o corner mais distante! O Lone Wolf desliza por baixo das cordas e já corre para dentro do ringue e derruba o campeão com um Dream Crusher! Corbin levanta Harper rapidamente e o derruba com um Choking STO! O Lone Wolf tenta a contagem e…

.

.

1!

.

.

.

.

.

.

 Harper salta da contagem já gritando e batendo no  tablado! Corbin não perde tempo e acerta o campeão com um forte Basement Haymaker!

(13:50) Corbin estava mais impaciente e culpava o árbitro pelo combate não ter acabado ainda.

 O Lone Wolf acerta diversos Clotheslines com o campeão preso no corner e tentou um Irish-Whip, mas Harper consegue virar a posição e arremessa Corbin com um forte Irish-Whip para o lado oposto – Corbin novamente desliza por baixo das cordas e já entra com um Dream Crush- HARPER REVERTE COM UM MICHINOKU DRIVER! A contagem!

.

.

1!

.

.

.

.

.

.

.

.

2!

.

.

.

.

.

.

.

.

 Corbin consegue o kickout e já se coloca de pé e tenta responder com mais um rápido Clothes- Harper se esquiva por baixo do ataque e pega impulso nas cordas e se lança em Corbin com um Running Hurricanrana! 

 Corbin, após o impacto, foge para o ringside e se escora na mesa dos comentaristas para recuperar seu fôlego – SUICIDE DIVE DE HARPER! O campeão está tomado pela adrenalina e rasga sua camisa enquanto grita e recebe o apoio da crowd presente!

 Harper agarra Corbin pela careca e o levan- o Lone Wolf arranha a ferida na testa do campeão e faz Harper se afastar com uma dor aguda! Corbin arremessa Harper com um forte Irish-Whip contra as barricadas mais distantes! Corbin pega distância e acelera – Harper acelera também! O CAMPEÃO CARREGA O DESAFIANTE COM UM RUNNING SPINEBUSTER QUE ATRAVESSA A BARRICADA! 

 A contagem já alcançava o 8, mas Harper apenas carrega Corbin até o apron e reinicia a contagem. A crowd consegue enxergar o olhar de loucura que dominava o campeão – que arremessou Corbin com um Back Suplex Facebuster no apron! O campeão arremessa Corbin para dentro do ringue e já vai escalar a terceira corda – Harper sente a dor na sua lômbar e toma seu tempo para se recuperar e vai para o mergulho – CORBIN SE RECUPERA A TEMPO COM UM CHOKESLAM NO MEIO DO AR! Corbin se ergue enfurecido e ergue Harper já com um Chokeslam Backbreaker! Corbin cai só com um braço sobre o campeão e a contagem…

.

.

1!

.

.

.

.

.

.

2!

.

.

.

.

.

.

.

.

 Harper consegue o kickout! Corbin bate no tablado desesperado com a contagem e os dois continuam caídos!

(15:00) Corbin foi o primeiro a se levantar e já estava de saco cheio da resiliência do campeão. O Lone Wolf puxou Harper para um Short-Arm End- o campeão consegue resistir ao puxão e balança sua cabeça em negação – o ângulo mostra como o rosto do campeão estava tomado pela sangue neste momento do combate!

 Corbin largou a posição e acertou um forte soco na testa do campeão – Harper cambaleiou mas conseguiu responder com um estridente Knife Edge Chop que fez Corbin sentir um forte ardor no seu peito – Corbin respondeu com Uppercut – Harper ignorou o ataque e acertou mais um forte Knife Edge Chop que fez Corbin se afastar, mas o Lone Wolf se aproxima e acerta diretos e cruzados de sua experiência com boxe que deixa Harper de joelhos! Corbin pega impulso nas cordas mais próximas – SUPERKICK! Corbin é atordoado pelo chute e cai na corda do meio e retorna cambaleando com um Clothesline no peito de Harper que faz o campeão cair nas cordas e retorna cambaleand- HARPER ACELERA COM UM BIG BOOT! Harper coloca Corbin entre as suas pernas já realizando sua taunt e vai para o Powerbom- o desafiante consegue escorregar pelas costas do campeão e Ripcord Belly-To-Back Slam no centro do ringue com o grandalhão! Corbin retira o cinto da sua calça e usa para estrangular o campeão! O árbitro se desespera e manda Corbin largar enquanto chuva de vaias caem!

(17:20) Corbin ria enquanto o árbitro checava as condições do campeão, ele empurrou o árbitro para longe e amarrou uma das pontas do cinto no pulso do campeão e o colocou de pé e gritou para ele permanecer caído na próxima antes de o pux- Harper consegue forçar o cinto e puxa Corbin com um forte Headbutt! Harper cai de joelhos pelo cansaço, o que dá tempo de Corbin se recuperar e pux- Harper força novamente Corbin para cima de si e o arremessa com um Pumphandle Suplex! Harper se ergue limpando o sangue do rosto e busca se impulsionar – Corbin puxa com o cinto o campeão para um Short-Arm End of Da- HARPER CONSEGUE REVERTER COM UM FLOAT-OVER SITOUT POWERBOMB! O árbitro se joga para a contagem e…

.

.

1!

.

.

.

.

.

.

.

.

2!

.

.

.

.

.

.

.

.

 Corbin consegue colocar a mão na corda inferior! O árbitro vê a tempo e cancela a contagem! Harper encara a mão de Corbin e já corre para dar um forte chute nela!

(18:00) O Lone Wolf foge para um corner próximo protegendo a sua mão enquanto a outra continua amarrada a do campeão – Harper o esmagou com um Body Avalanche seguido por fortes Chops e colocou Corbin sentado na terceira corda. 

 O Prodigal Son tentou desamarrar o cinto – abertura que dá tempo de Corbin o estrangular de cima com o cinto novamente! O campeão cai ajoelhado tossindo bastante, enquanto isso, Corbin tirava o nó do cinto e o jogou para fora do ringue. O Lone Wolf puxou Harper pelos cabelos e continuou socando a ferida de Harper – o campeão consegue interromper e se soltar e acerta um sonoro Superkick que atordoa o desafiante! Harper escala a terceira corda e limpa o sangue do seu rosto e bate ele na nuca de Corbin e vai para o Avalanche Hurri- o Lone Wolf empurra o campeão para o tablado! Harper está meio atordado então Corbin vai para o Diving Crossb- TRUCKSTOP NO MEIO DO AR! A crowd se anima com o grande movimento!

 Harper limpa o sangue do seu rosto e joga em Corbin e o manda se erguer! O que?!

(18:35) Harper foi ao ringside e pegou o cinto de Corbin e retornou ao ringue, com um olhar sádico, o campeão amarrou o cintou no pescoço de Corbin que parecia abatido. 

 Harper realizou sua taunt e puxou Corbin pelo pescoço com o cinto enquanto realizava o avassalador Discus Clothesline! Corbin é virado do avesso e cai estirado no centro do ringue! O árbitro repreende o campeão que toma seu tempo para tirar o cinto e o jogar para o ringside antes de cobrir o desafiante com as suas duas mãos no peito de Corbin e…

.

.

1!

.

.

.

.

.

.

2!

.

.

.

.

.

.

.

3!

 Luke Harper retém seu cinturão!

Vencedor: Luke Harper

E Harper consegue assim mais uma defesa bem sucedida no seu segundo reinado com o título. Ele está exausto por causa da luta e recebe o cinturão das mãos do árbitro para comemorar a sua vitória quando…

“He’s got the Whole World in his hands”

“He’s got the Whole Word in…

Uma voz era ouvida a cantarolar até que Bray Wyatt aparece no telão no cenário da Firefly Fun House com Mercy the Buzzard, Rambling Rabbit e Abby the Witch.

Wyatt: Porque você parou de cantar, Rambling? – ele se apercebe de Harper e fica surpreendido com isso – Ah, acho que entendi. Vejam só quem temos aqui à nossa frente, se não é Luke Harper…

Mercy sai de cena por breves instantes e volta com uma máscara de ovelha semelhante à que era usada várias vezes na Wyatt Family, especialmente por Rowan.

Abby: Parece que uma das nossas ovelhas ganhou poder, hein?

Wyatt: Quem diria que o nosso mais fiel seguidor chegaria a um dos patamares mais altos de uma empresa? Você me surpreendeu bastante, Harper, parece que afinal você está pronto para o verdadeiro desafio.

Rambling: Mas Harper sabe que “ele” existe?

Wyatt: É o que vamos descobrir. Harper, você sabe o quão eu aprecio a sua presença, mas acho que “ele” não está satisfeito com ela e procura fazer de você um alvo. Sabe como funciona, quanto mais alto estamos, mais gente nos tenta derrubar. 

Abby: “Ele” vai acabar com você!

Wyatt: Olhe os modos como fala, Abby, ele é nosso amigo. Mas, Harper, ela tem razão no que diz, “ele” pode ser um ser bastante impiedoso. – começam a ser feitos cortes na transmissão durante a próxima fala – Mas eu … Lhe vou … dar… Um conselho… FUJA! 

A transmissão se encerra bruscamente e as luzes da arena se apagam por setores até ficar um breu total. A música sinistra começa a ecoar até que uma luz vermelha paira sobre o ringue, possibilitando ver o “The Fiend” atrás do campeão. Este se vira, mas não tem grande reação ao Mandible Claw que é preso por Fiend no centro do ringue que acaba apagando Harper alguns segundos depois. Uma reação mista é realizada pelos fãs na arena enquanto “ele” fica de joelhos encarando o cinturão caído no chão para dar o show por encerrado.

Fim de show.