HOW Fantasy – Chapter 21: “Última parada antes do HOWnniversary”

Fábio Pontes 09/05/2020

Na noite do próximo sábado, dia 9 de maio, a House of Wrestling realiza o último capítulo antes do HOWnniversary diretamente do Thomas & Mack Center em Paradise, Nevada.

Estas são as lutas do show:

  • Main Event – Tag Team Match: HOW Champion Shane Strickland & Atlas Champion Luke Harper vs Sami Zayn & AJ Styles
  • Beat the Clock Challenge: CM Punk vs The Undertaker & Zack Sabre Jr vs Drew McIntyre
  • Singles Match: Gunnar Nelson vs Willow 
  • Singles Match: Randy Orton vs Brock Lesnar
  • Singles Match: Elias vs Enzo Amore

Estes são outros destaques: 

  • O Pure Champion Kevin Steen vai mandar uma última mensagem para os seus desafiantes.
  • Chris Jericho vai dar uma entrevista exclusiva a Renee Young.

Confira tudo isso e muito mais, sábado, a partir das 18h, aqui na House of Wrestling.

Cobertura: 

O show tem o seu início com os comentaristas anunciando que tivémos uma luta adicionada de última hora no card do show, a qual será uma Handicap Match entre o Intercontinental Champion Keith Lee e os seus dois desafiantes, The Miz e Kyle O’Reilly. 

Toca “Done With That” e Roman Reigns realiza a sua entrada até ao ringue sob um pop decente dos fãs. Ele acaba pedindo um microfone para falar.

Reigns: Jimmy Havoc pensa que pode andar por aí atacando as pessoas que bem quer, mas eu lhe mostrei que se meteu com  pessoa errada. Você se diz um louco, e eu acredito que sim, pois é o único motivo válido para se colocar no caminho do “Big Dog”. Eu vou direto ao assunto, pois todos nós sabemos onde isto vai chegar. Eu quero me vingar do seu ataque neste ringue e não com simplesmente com um ataque por trás como fiz na semana passada, isso não chega para mim. E você… bem, você deve se querer vingar do meu ataque da semana passada. Eu apenas vejo uma solução para o nosso problema e ela está mesmo ali. – ele aponta para o logo do HOWnniversary – Sessenta mil fãs presentes em Bronx para o maior show do ano e, se você quiser, ambos estaremos lá. Eu o desafio oficialmente para uma luta entre nós no evento, tudo o que você precisa de fazer é aceitar. 

“The Art of Suffering” é tocada, no entanto, Jimmy Havoc apenas aparece no telão a encarar Reigns por alguns instantes antes de começar a rir intensamente. A sua transmissão se encerra bruscamente cerca de um minuto depois e, no telão, aparecem escritas as palavras “Eu aceito”. Vemos Reigns satisfeito por ter o seu desafio aceite e vamos para uma curta pausa.

Comerciais…

Vemos The Miz conversando com Kyle O’Reilly no backstage.

Miz: Hoje, nós temos a oportunidade de machucar Keith Lee a sério para possivelmente o tirar da nossa luta do HOWnniversary. É a nossa chance de poder ter uma luta individual pelo título, pois ele não o poderá defender. Eu tenho um plano para isso, você só…

KOR: Você tem um plano para quê? Eu não me vou aliar a um ator de segunda como você em momento algum. E tenha atenção, pois se você começar a falar demais, a pessoa que eu irei machucar será você. Então tenha cuidado, senão o seu próximo papel será num filme de terror como aberração sem braço!

O canadense vira costas e abandona o local enquanto Miz mostra sinais de irritação. Já na arena, toca “Willow’s Way” e Willow the Wisp realiza a sua entrada até ao ringue. Gunnar Nelson aparece de seguida ao som de “Crack the Sky”, onde terá a sua primeira luta nesta indústria antes do seu desafio no HOWA.

Singles Match: Gunnar Nelson vs Willow

(3:12) Apesar da inexperiência no ringue, o islandês se mostrou adaptado e dominou completamente com o seu estilo da MMA, atingindo o seu adversário com vários socos e chutes, e ainda mostrando que pode fazer um bom trabalho no tapete com alguns holds. Nos instantes finais, ele mostrou que pode também aplicar golpes de wrestling ao realizar um Powerbomb seguido do Icelander Lock que apaga completamente o seu oponente.

Vencedor: Gunnar Nelson

O islandês não tem tempo para comemorar, pois Adam Page aparece por trás e lhe acerta com um potente Big Boot, quando Nelson se volta a erguer, ele atinge um Discus Forearm Smash seguido do DeadEye. O público vaia enquanto o “Hangman” diz algumas palavras imperceptíveis para o seu rival caído.

Comerciais…

Vamos agora testemunhar a primeira luta do Beat the Clock Challenge entre Zack Sabre Jr e CM Punk, onde um dos dois irá escolher a estipulação da sua luta no HOWA. Toca “Real Bone Master” e o britânico realiza a sua entrada até ao ringue sob vaias dos fãs. Logo de seguida, Drew McIntyre aparece enquanto ouvimos “Broken Dreams”.

Beat the Clock Challenge: Zack Sabre Jr vs Drew McIntyre

No momento em que Drew realiza seu urro escocês na terceira corda, Zack Sabre Jr o empurra para o ringside!

O Technical Wizard prende McIntyre com um Hammerlock e o arremessa contra o poste do ringue! Ele corre para dentro do ringue e manda o juiz iniciar o combate!

(0:00) McIntyre se arrastou para dentro do ringue protegendo seu braço lesionado, mas confirma que está apto a lutar. O árbitro manda soar o gongo e o combate tem seu início oficial!

Zack Sabre Jr acelerou sem nenhum tipo de misericórdia com um Shot Kick no braço lesionado e o prendeu com um Rope-Hung Cross Armbreaker! McIntyre se desespera enquanto o árbitro inicia a contagem para desqualificar o britânico rapidamente, mas no 4 ele abandona o hold.

O Technical Wizard cospe no chão do ringside, provocando alguns fãs de retornar ao ringue. O Scottish Psychopath tenta revidar com socos e cotoveladas, mas ZSJ facilmente o neutraliza com um Kimura Lock pisando no seu calcanhar.

(3:40) ZSJ controlava McIntyre no centro do ringue com Bow and Arrow enquanto observava o cronômetro e mostrava sua indignação, querendo terminar o combate de forma rápida ainda humilhando seu oponente. O britânico esticou as extremidades do escocês no hold e tentou aplicar cotoveladas – Drew consegue escapar e cai com um Splash seguido pela contagem rápida e…

.

1!

.

2!

.

Zack salta de surpresa e consegue o near fall! O Technical Wizard responde com um rápido Roundhouse Kick – Drew consegue se abaixar mas é pego pelo Leg Sweep em seguida! ZSJ acelera contra as cordas e pega impulso para o Penalty K- Drew consegue se lançar com um Sunset Flip Rollup!

.

1!

.

2!

.

 Zack Sabre Jr consegue o kickout já buscando o braço lesionado e levanta Drew com um Kimura Lock! O Scottish Psychopath se desespera! O Technical Wizard se prende no escocês com um Bodyscissors e aperta o hold!

(5:00) ZSJ pressiona mais as articulações de Drew, mas o escocês consegue alcançar a corda superior com a mão livre! O árbitro conta rápido e faz ZSJ soltar, mas o Technical Wizard vai para um rápido Springboard Tornado DD- McIntyre consegue resistir e reverte com um Suplex Toss para fora do ringue! Zack Sabre Jr se contorce de dor no ringside!

 McIntyre desliza para o ringside com fúria em seu olhar e manda Zack se erguer! O Technical Wizard se levanta lentamente com o auxílio da barricada – CLAYMORE!! McIntyre vê a oportunidade fechar o combate e arrasta o britânico para dentro do ringue enquanto vamos aos comerciais!

(8:08) É exibido o replay do momento em que McIntyre reverteu a tentativa de um Sunset Flip Rollup puxando o britânico pelo pescoço já com um Overhead Belly-to-Belly Suplex pro lado contrário do ringue! O impacto foi tão forte que fez o Technical Wizard desabar no apron, onde Drew McIntyre o ergueu pelos cabelos – mas ZSJ estava fingindo e o prendeu em um rápido Rope-Hung Cross Armbreaker de novo! Drew mostra que está preparado e usa toda sua força para erguer ZSJ com um Deadlift Sitout Powerbomb dentro do ringue e…

.

.

1!

.

.

2!

.

.

 Zack Sabre Jr consegue o kickout!

(10:30) Drew não perde tempo e o levanta para um Future Shock DD- Zack Sabre Jr consegue reverter a posição inicial com um Wristlock Pelé Kick no braço lesionado de Drew! O Technical Wizard puxa o braço lesionado novamente para um Wristlock– McIntyre o puxa para um Glasgow Kiss! ZSJ colapsa no peito de Drew! O Scottish Psychopath coloca o britânico em seus ombros e aponta para o corner! O que ele pretende fazer?!

(11:10) O escocês escalou até a terceira corda com o britânico em seus ombros e se preparou para um Avalanche Celtic Cr- ZSJ escapa no último instante e cai no apron! Ele puxa o braço lesionado de Drew e o derruba da terceira corda com um Single Arm Takedown! O Technical Wizard mostrou sua Ring IQ e foi para um rápido Tornado DDT seguido por um forte PK e encaixou o Hypernormalisation! Ele encarou o cronômetro enquanto Drew desistia!

Vencedor: Zack Sabre Jr.

O inglês olha para o relógio que marca o tempo da sua vitória (11 minutos e 10 segundos) que se encontra no telão e parece não se preocupar com isso, apenas comemorando a sua vitória no ringue.

Comerciais…

E está na hora da entrevista de Renee Young com Chris Jericho. Ao invés de ser realizada como habitualmente no backstage, eles se encontram em uma sala com duas poltronas algures na arena. Todo o segmento passa no telão para os fãs poderem acompanhar.

Young: Em primeiro lugar, eu gostaria de lhe agradecer por me conceder esta entrevista com você, é uma honra estar aqui à frente de um dos melhores lutadores da história. A primeira pergunta que lhe quero fazer é: O que é preciso para estar no topo da indústria por tantos anos, talvez até décadas, como você está?

Jericho: Eu poderia responder a essa questão apenas dizendo que era trabalho e essas coisas todas que a maioria fala, mas estaria mentindo. É preciso ter a essência nos genes. Vamos tomar a minha carreira como exemplo. No início dela, eu já estava no topo, e assim permaneci durante os últimos 25 anos. Quarenta e dois títulos passaram pela minha cintura e receberam o prestígio devido por ter uma lenda os segurando em algum momento da história. Por qualquer empresa que eu passe, eu a elevo até ao estatuto de melhor empresa da atualidade e a House of Wrestling tem que me agradecer por me ter. Eu posso até deixar de treinar, posso ir fazer filmes para Hollywood ou até mesmo em longas digressões com a minha banda, pois eu sempre retorno ao Wrestling em grande, deixando o meu impacto imediato. E sabe porque isso acontece? Porque Wrestling está nos meus genes e isso não se ensina.

Young: Apesar de todo o sucesso na sua carreira, os últimos meses não lhe têm corrido de feição. Que tem a dizer sobre isso? 

Jericho: Todos têm os seus baixos, mas sempre voltam eventualmente ao topo. Apesar de não possuir cinturões ou até mesmo acumular algumas derrotas, todos os fãs ainda cantam pelo meu nome constantemente. Isso é sinônimo de grandeza e não é qualquer um que a tem. E não se preocupe com a minha falta de sucesso atual, se eu brilhasse sempre, as novas gerações não poderiam ter o seu momento de destaque, pois seriam ofuscadas pelo Y2J. 

Young: Última pergunta, gostaria de saber o que pensa sobre os conflitos recentes com Jon Moxley. 

Jericho: Bem, Moxley é apenas um fedelho que apareceu no meu caminho sem saber o que lhe esperava. Vejam só o que lhe aconteceu na semana passada, nem foi capaz de prevalecer sobre um lutador inferior e isso mostra que não está ao meu nível. Poderia dizer que… 

As imagens no telão começam a mostrar a porta daquela sala a ser arrombada por Moxley que adentra com tudo para cima de Jericho. Renee se levanta para não ser atingida no meio da confusão e Moxley tem um breve momento que a tenta beijar, mas a agitação é tanta que não consegue. Ele acaba socando violentamente Jericho até o deixar estendido no chão. Após isso, Moxley diz a Jericho que o vê no HOWA e abandona o local. A câmera foca Jericho e dois seguranças que estavam no lado de fora da porta caídos antes de fazermos um intervalo.

Comerciais…

Toca “Blue on Black” e Elias realiza a sua entrada até ao ringue, onde irá combater. O seu adversário, Enzo Amore, aparece logo de seguida com “SAWFT Is a Sin”.

Singles Match: Elias vs Enzo Amore

(7:04) Em uma luta que não prendeu a atenção dos fãs, Elias conseguiu obter a vitória após aplicar um Walk With Me

Vencedor: Elias

Enquanto Elias comemora a sua vitória, toca “Basic Thuganomics” e John Cena aparece no topo da rampa com um pop dos fãs. 

Cena: Eu não quero saber das suas desculpas ou falta delas, pois eu já conversei com Leonardo e nós nos enfrentaremos no HOWnniversary. Você vai se arrepender de me ter atacado há duas semanas atrás e pode crer que eu me irei vingar dessas suas ações, então, em Bronx, se prepare, pois a sua sinfonia será escrita por mim!

Cena vira as costas e abandona a arena enquanto vemos Elias algo relutante no ringue.

Comerciais…

Toca “Voices” e Randy Orton realiza a sua entrada até ao ringue sob alguns aplausos. Brock Lesnar aparece logo a seguir com “Next Big Thing”, sendo acompanhado por Paul Heyman.

Singles Match: Randy Orton vs Brock Lesnar c/Paul Heyman

(0:10): A luta já começa com Lesnar partindo pra cima de Orton sem perder muito tempo, Orton é totalmente dominado por Brock Lesnar que joga o The Viper no corner, e engata um Turnbuckle Thrust, até chegar o momento que o juiz interfere o ataque de Lesner.

(0:50): Orton havia já se recuperado um pouco e foi em direção a Lesnar para tentar algo na luta, mas acaba recebendo um Clothesline, Lesnar vê Orton caído no ringue e o levanta e aplica um Back Suplex. Lesnar novamente ergue Orton e o coloca em seus ombros, já parecia que iria aplicar um F-5 mas Orton consegue escapar e vai cambaleando para trás até parar nas cordas, Lesnar sem perder tempo já ia fazer um clothesline que jogaria Orton para fora do ringue, mas quem acabou indo para fora do ringue foi Lesnar após Orton se abaixar, Lesnar fica furioso, mas Paul Heyman aproveita esse tempo para dar algumas instruções a seu cliente.

(1:50): Dadas as instruções, e a contagem já chegando ao 10, Lesnar retorna ao ringue… Retornava! com uma parte de seu corpo dentro e outra fora do ringue Lesnar é surpreendido por ataques de Orton e fica com nenhuma opção de defesa, Orton se aproveita e coloca Lesnar na posição para um Rope Hung DDT, mas Lesnar consegue tirar seus pés da corda e assim empurrar Orton, e Lesnar vendo uma brecha já parte pra cima, mas vê Orton reverter seu ataque em um Scoop Powerslam! Orton aproveita e dá uma sequência de socos em Lesnar que tentava se defender no chão.

(2:35): Com ambos os lutadores em pé, eles começam a trocarem socos, mas Lesnar acaba tendo uma grande vantagem com sua experiência no MMA, Orton paga o preço por subestimar seu adversário após tomar uma Uppercut que o faz cair no ringue. Lesnar o ergue, Orton tentou um Dropkick mas foi em vão após Lesnar desviar as pernas de Orton, o The Viper novamente estava caído no ringue deixando as costas livre para Lesnar, que sem perder tempo aplica primeiro German Suplex da luta! Orton já se contorcia no outro lado do ringue e no lado de fora Paul Heyman apenas aplaudia seu cliente.

(3:33): Lesnar não deixava Orton ter tempo para se recuperar e levanta Orton e aplica um Gutwrench Powerbomb, Brock Lesnar mostrava todo o seu domínio na luta novamente aplicando um German Suplex! Orton acaba que com o efeito do golpe se engancha no corner, Lesnar novamente ia para o ataque se aproveitando da situação, mas no último segundo Orton escapa e Lesner se bate violentamente no corner! E o público presente parecia estar ao lado de Orton.

(5:00): Com uma parte mais morna da luta tendo chegado ao fim, os lutadores novamente trocam golpes mais fortes, Orton havia tentado um Clothesline mas Lesner se esquiva e o pega já para um German Suplex! A execução do golpe é perfeita, mas quando Lesnar não poderia fazer mais nada Orton consegue girar no ar e consegue evitar uma queda mais forte. Lesnar ria mas não sabia que Orton estava atrás dele, Heyman tentava alertá-lo mas Lesnar não dava atenção confiando em seu golpe, e como uma víbora, Orton é furtivo até aplicar um Inverted Headlock Backbreaker! Lesnar rapidamente rola para fora e o público vaia.

(6:53): Lesnar estava caído no ringue após Orton o aplicar um Rope Hung DDT quando Lesner voltava ao ringue, enquanto o golpe era mostrado num replay, Orton se preparava para um Punt Kick! Paul Heyman gritava alertando Lesnar, mas Orton percebendo já realiza a corrida pro golpe o mais rápido possível, mas o Beast Incarnate foi rápido e conseguiu reverter a corrida num Spinebuster! Com Orton caído no chão Lesnar não perde tempo e aplica um Kimura Lock, Orton se desespera já que estava no centro do ringue e não conseguiria se arrastar até lá sem Lesnar deslocar seu antebraço. O público apoiava Orton para que ele conseguisse fugir e na base da força ele consegue escapar! Mas Lesnar ainda estava dominando a luta e passa por cima de Orton pisando em seu peito, e o público vaia a atitude.

(8:49): Após sete German Suplex seguidos, Lesner deixava Orton se levantar sozinho no ringue, Paul Heyman já sinalizava para Lesner acabar a luta alí, Lesner sem paciência para ver Orton se levantar já ergue Orton e coloca na posição do F-5, a câmera corta para uma posição que mostre o golpe frontalmente, e Lesner realiza o F-5… MAS ORTON CONSEGUE REVERTER NUM RKO!

A público reage bem já que não esperava por isso, com Lesner caído no centro do ringue, Orton vai para o corner com um Punt Kick já engatilhado, até que Heyman sobe na apron para tentar distrair Orton e o juíz, mas foi uma tentativa sem sucesso! Orton aplica o Punt Kick em Lesnar e sem parar a corrida já emenda um Dropkick em Paul Heyman que caí feio fora do ringue! Randy Orton via Lesnar como uma presa fácil ao ver seu oponente se levantar completamente sem rumo, e não deu outra… MAIS UM RKO! E o The Viper já vai para a contagem!

1!

.

.

.

2!

.

.

.

.

3!

Vencedor: Randy Orton

Lesnar está caído no chão, porém Orton não comemora a sua vitória. Ao invés disso, ele sai do ringue para pegar um microfone e volta a entrar, ficando a encarar a “Beast” enquanto fala.

Orton: Ás vezes, nós temos que nos deixar possuir pela voz que nos guia e seguir aquilo que ela diz. Ao longo das últimas semanas, todos vocês viram um Randy Orton fracassado a entrar neste ringue e a perder as suas lutas, mas isso agora vai mudar. As vozes que tenho na minha cabeça dizem que devo ser o mais agressivo possível, então que o seja. – ele pisa a perna direita de Lesnar – Se eu tenho que ser agressivo – ele pisa agora a perna esquerda – para poder alcançar os meus objetivos – ele pisa agora o braço esquerdo – então não vou colocar entraves – agora pisa o braço direito – ao que me dizem. Por maiores que os adversários possam ser, todos eles irão suncumbir perante a “Víbora”. – Orton se encosta ao corner – E, quando se cruzarem comigo, a única coisa que vos tenho a dizer é – Lesnar se estava começando a erguer, porém Orton acerta um forte Punt Kick que o coloca inconsciente – que esse será o vosso fim!

“Voices” toca mais uma vez e Orton abandona a arena com um olhar sádico. Alguns funcionários aparecem no ringue para checar o estado de Lesnar enquanto Heyman não sabe o que pensar sobre o seu cliente ali estendido.

Comerciais…

Vemos alguns gráficos que anunciam oficialmente a inclusão de três novas lutas no card do HOWnniversary, sendo elas: Roman Reigns vs Jimmy Havoc, Chris Jericho vs Jon Moxley e Elias vs John Cena.

Vamos agora para a Handicap Match que ficou marcada mais cedo, mas, antes dela acontecer, vemos a repetição da conversa entre The Miz e Kyle O’Reilly que aconteceu mais cedo neste show. O Intercontinental Champion Keith Lee é o primeiro dos três a realizar a sua entrada até ao ringue, sendo recebido por um enorme pop dos fãs. 

O campeão fica esperando alguns segundos até que toca “I Came To Play” e The Miz surge. O “A-Lister” caminha lentamente até ao ringue sob vaias do público, porém acaba sendo derrubado por Kyle O’Reilly que aparece por trás e o atinge na nuca. Aqueles que deveriam ser parceiros na luta começam então uma brawl entre si, trocando socos atrás de socos enquanto Lee assiste a cena a partir do ringue. A situação parece não ter um fim até que surgem alguns seguranças para separar ambos os lutadores. Eles conseguem controlar a brawl na ringside, mas, farto de esperar que a luta eventualmente comece, Lee se atira para fora do ringue com um Tope Con Hilo, no entanto, apenas atinge os seguranças porque Miz e KOR conseguiram se desviar a tempo. Lee se ergue e fica vendo a destruição que causou, porém essa distração é suficiente para que Miz e KOR consigam aplicar um Total Elimination (Leg Sweep de KOR + Knee Plus de Miz) nele, o deixando também entendido naquela confusão. 

Tanto Miz como O’Reilly se focam agora no cinturão caído dentro do ringue e ambos acabam entrando no ringue ao mesmo tempo. O “Awesome One” se abaixa para pegar no título, no entanto, o canadense pega o mesmo pelo lado oposto. Cada um tenta puxar o cinturão para si, mas sem sucesso, fazendo com que eles se comecem a encarar intensamente. Nada acontece além de uma troca de olhares e palavras que são imperceptíveis para quem assiste, por isso acabamos indo para um intervalo.

Comerciais…

O Deadman retira seu chapéu lentamente e se posiciona no centro do ringue encarando o stage quando toca “Cult of Personality” e a crowd explode enquanto Punk para no stage e encara o cronômetro que marca 11 minutos e 10 segundos: o relógio está contra o Best In The World. Ele desce a rampa com confiança e sequer realiza sua teatralidade que é marca registrada, ele rapidamente se prepara e manda o árbitro soar o ringue enquanto encara Undertaker.

Beat the Clock Challenge: CM Punk vs The Undertaker

(0:40) O gongo soa e imediatamente ambos competidores ameaçam chutes e socos, mas nenhum é disparado de verdade. Ambos hesitando bastante, o Deadman usa da sua estatura para prender Punk rapidamente no corner e tenta disparar sua sequência de Uppercuts, mas o BITW consegue rapidamente evadir e puxa Undertaker com um Roll-up e…

.

1!

.

2!

.

 O Deadman consegue o kickout e com violência estrangula o Voice of The Voiceless e vai para seu Chokes- Punk consegue uma joelhada no ar e escapa! O Chicago Made acerta sua combinação de Chops e finaliza com um Spinning Sole Kick e acelera contra as cordas para se impulsionar – Undertaker consegue conectar o Leaping Clothesline que derruba Punk que está contra o relógio!

(3:21) Voltando dos comerciais, Undertaker está mantendo Punk preso em um Bearhug no centro do ringue, enquanto isso, é mostrado o momento em que Punk conseguiu reverter a tentativa de um Body Avalanche do Deadman com um Rope-Stretch Chicken Wing e se lançou com um Diving Crossb- Undertaker o virou do avesso com um Big Boot!

 Ao vivo, o Chicago Made recebia o apoio da crowd presente e disparava cotoveladas até conseguir reverter caindo com um rápido Yoshi Tonic! Mas ele não consegue puxar o Deadman! Taker o puxa pelo pescoço diretamente para um Chokesl- Punk reverte com um Reverse STO no ar! O BITW rapidamente faz a transição para um Koji Clutch! 

(5:00) O Deadman dispara cotoveladas e consegue afastar Punk, dando tempo para o veterano se erguer – Punk acelera com um rápido Double Axe Handle! Taker é pego de surpreso mas tenta responder – Calf Kick de Punk seguido pelo Arm-Trap Swinging Neckbreaker! O Deadman tenta se levantar com a ajuda das cordas, mas o Chick Magnet não abre espaço e corre para um Clothesli- Undertaker o joga para o apron com um Shoulder Toss! Punk puxa o Deadman pelos cabelos – mas recebe um forte Right Hook que nocauteia o BITW. 

 Undertaker lentamente recupera seu fôlego e então coloca CM Punk entre as cordas e vai para o Guillotine Leg Dr- Punk escapa no último instante ainda no apron! O Deadman prende o Voice of The Voiceless com um Choke Hold ainda sentido sua perna – Punk consegue soltar a mão do Deadman e dispara um forte Roundhouse Kick que ecoa pela arena! O Chicago Made encara o cronômetro depois encara a crowd e estapeia seu rosto – O QUE?! CM PUNK LEVANTA UNDERTAKER COM UM APRON OUTSIDE SUPERPLEX! Os dois agonizam no chão de concreto!

(6:20) Punk é o primeiro a se erguer e retorna ao ringue para se impulsionar nas cordas e se lançar com um Suicide Dive que jogou Undertaker contra a barricada! O Deadman parece que nem sentiu! Punk não vê outra saída e corre para o ringue e novamente mergulha com um Suicide D- Taker acelera para o apron e o esmaga com um Apron Guillotine Leg Drop

 Punk rola para o centro do ringue protegendo seu peito enquanto Undertaker escala a terceira corda bem lentamente pelo cansaço – a crowd está de pé! Diving Clothesl- NÃO! DROPKICK NO AR DE PUNK! Os dois colidem perigosamente no centro do ringue! A crowd aplaude a sequência enquanto Punk encara o cronômetro enquanto se arrasta para o corner oposto!

(8:00) Punk estapeou seu rosto e se mostrou mais focado para fechar o combate e se recuperou primeiro e acelerou com um High Knee no corner que ecoou pela arena! Taker parece exausto e nocauteado! Punk se afasta e realiza o sinal da degola do rival antes de se impulsionar no corner oposto para mais um High KneeBIG BOOT NO CAMINHO! Taker, ainda encostado no corner, xinga e ironiza o BITW por o desrespeitar e o coloca entre as pernas e realiza o seu sinal da degola e vai para o seu Last Ri- Punk dá um show de Ring IQ e usa os ombros do Deadman como impulso para saltar para a terceira corda! O Chicago Made mergulha dali mesmo com um Moonsault!

 UNDERTAKER O PEGA JÁ NOS OMBROS E VAI À LOUCURA! Mas Undertaker joga Punk com um Snake Eyes na terceira corda que abre um grande sangremento na testa do Chicago Made! Punk cambaleia para o centro do ringue enquanto Undertaker acelera contra as cordas e o derruba com um Big Boot e finaliza com um Standing Leg Drop! Undertaker está tremendamente cansado, mas puxa Punk pelo pescoço e vai para o Chokes- Punk consegue aterrisar nas costas de Taker e o nocauteia com um Arm-Trap Swinging em um Roundhouse Kick! O Deadman se desequilibra e cai nas cordas, o que dá combustível para Punk acelerar – O Deadman ressurge no combate com um Tilt-A-Whirl Side Slam que faz Punk se contorcer de dor! O Deadman está exausto e continua caído ao lado do Chicago Made!

(9:45) O Undertaker se senta no centro do ringue para uma explosão da crowd com o movimento icônico! O Deadman encara o cronômetro que marca que o Chicago Made só tem mais 2 minutos e alguns segundos! Undertaker decide que vai custar o combate de Punk e simplesmente o manda se levantar, o que CM Punk faz com muita dificuldade. O Deadman o prende rapidamente com um Heart Punch e vai para o Hell’s Gate! Punk está cedendo! Undertaker revira seus olhos enquanto vê os braços de Punk cair!

O árbitro levanta o braço de Punk e…

.

.

.

.

.

.

.

 Punk usa toda sua força para empurrar as costas de Undertaker contra o tablado!

.

1!

.

2!

.

 O Deadman salta e evita o fim do combate surpresa! Punk o coloca nos ombros rapidamente para o Go To Sl- O Deadman consegue escapar para as costas e prende o Chicago Made com um Dragon Sleeper em pé! CM Punk tenta responder, mas recebe duas joelhadas do Deadman que o jogam para o tablado. O Deadman o prende em um Wristlock e se aproxima do corner – o Deadman deixa todos preocupados e anda nas cordas para um Old Sc- PUNK PUXA TAKER DIRETAMENTE PARA SEU JOELHO! O DEADMAN ESTÁ NOCAUTEADO COM ESSA VARIAÇÃO DO GTS!

(10:50) O árbitro tenta checar o The Phenom, enquanto Punk limpa o sangue de seu rosto e aponta para o cronômetro! Undertaker cambaleia no centro do ringue, CM Punk o coloca nos ombros e encara a câmera principal e manda um beijo para ZSJ antes de finalizar Undertaker com um Go! To! Sleep! Ele desaba em cima do Deadman e o árbitro conta!

.

.

1!

.

.

2!

.

.

.

.

.

3!

Vencedor do combate e do Beat The Clock Challenge: CM Punk

O gongo soa e CM Punk comemora com a crowd que canta seu nome! Mas Zack Sabre Jr invade o ringue e o derruba com um ataque nas costas e o pisoteia violentamente! O Technical Wizard dá dedo do meio para a crowd antes de ir para o Cross Armbrea- Punk consegue escapar no último instante e dispara um Roundhouse Kick, mas ZSJ se joga para o ringside desesperado para evitar um confronto precoce! 

Zack Sabre Jr percebe que está próximo de Undertaker, então o arrasta para o stage e, encarando seu oponente no HOWAnniversary, ele quebra o braço do Deadman com um Hypernomalisation! A equipe médica se aproxima e checa as condições do veterano enquanto Zack Sabre Jr se prepara para abandonar a arena limpando suas mãos…

… mas CM Punk no ringue o chama com um microfone! O Voice of The Voiceless está sentado no centro do ringue e proma:

Punk: Ei, Zack! Zack! Olhe para mim nos olhos enquanto eu falo com você! Quer saber, “ZSJ”? Continue, continue quebrando os braços e atacando aqueles que são presas fáceis, porque não é deles que você vai passar nessa sua carreira fracassada. Hoje você provou do seu próprio veneno mais uma vez, Zack. Mais uma vez você falou bastante, humilhou seu adversário, mas no final das contas? Você perdeu. Porque é só isso que você faz aqui, Zack. Você perde quando mais importa.

Punk: A sua rixa com o Rollins só trouxe o mal para o nosso vestiário e acabou sobrando para mim. Aquele filho da puta custou minha chance de ir ao Elimination Chamber, e você não o terminou e falhou novamente. Agora, o Best In The World está fora do maior combate do maior show de wrestling, e o Burner está na ala médica. Você realmente acha que eu queria estar contra você no HOWAnniversary, Zack? Não, eu não queria. Mas eu quero, acima de tudo, provar que eu sou sim o Best In The World no que eu faço. Eu quero mostrar para essas pessoas – a crowd responde com um grande pop – que eu mereço a minha alcunha.

Punk: Então traga todo seu orgulho imbecil e seu nariz empinado para o HOWnniversary, Zack, eu estou louco para chutar ele pra fora da sua cabeça dura. E veja como eu sangrei neste combate, como eu sangrei para merecer decidir a nossa estipulação. E eu sangrei para provar pra você que eu não vou desistir no nosso combate, Zack… eu não vou desistir enquanto você não gritar I QUIT! Porque nós lutaremos em uma I QUIT MATCH! 

A crowd explode com o anúncio do BITW e ele se levanta e pede o apoio deles enquanto Zack Sabre Jr o encara com nojo no olhar.

Comerciais…

Toca “Unsettling Differences” e Kevin Steen realiza a sua entrada até ao ringue, enquanto o faz, nós assistimos a um gráfico que mostra a luta em que o mesmo está inserido no HOWA, onde defenderá o seu Pure Championship numa Ladder Match frente a outros cinco adversários. O título está colocado no gancho acima do ringue para a realização deste segmento. Antes de entrar no ringue, o canadense pega em uma escada debaixo do ringue e a posiciona no centro do mesmo, a subindo até se sentar no topo mesmo debaixo do seu cinturão.

Steen: Cinco lutadores tentarão tirar este título aqui em cima da minha posse, e devo dizer que não estou nada satisfeito com essa decisão de Leonardo. Porém, para mostrar que eu não tenho medo de enfrentar qualquer desafio que aquele sacana me coloca, aqui estou eu pronto para mostrar o porquê de eu ser campeão. Não me importa se seja um, dois até mesmo cinco adversários que me colocam à frente, pois eu não me intimido perante a sua presença. Todos sabem que Kevin Steen é uma das forças mais dominantes desta empresa e que, por maior que seja o desafio, irá continuar a segurar aquilo. – ele aponta para cima – Vejam bem os participantes da luta e tentem perceber se correspondem a alguma ameaça para mim, irão ver que nenhum deles é bom o suficiente para me vencer. Dolph Ziggler? Já o venci no mês passado. Christian? Quase o matei na semana passada. Angel Garza? Essa amostra de chihuahua não é nem uma ameaça para o pior lutador desta empresa. Pete Dunne? Também já o derrotei no Royal Rumble junto a Kyle O’Reilly. Adam Cole? “Indiscutivelmente” um jobber para todos os que atravessam no seu caminho. Eu não consigo encontrar relevância nenhuma nos nomes que…

Toca “Bad Reputation” e Adam Cole entra em direção do ringue, onde fica olhando para Steen no topo da escada. Não demora e toca “Bruiserweight”, Pete Dunne acaba fazendo o mesmo. Angel Garza e Dolph Ziggler fazem o mesmo de seguida e Steen fica cercado dentro do ringue até tocar “Just Close Your Eyes” e Christian caminhar até ao ringue com um microfone em mãos. Steen fica sem saber o que fazer com tanta gente no ringue e com ele ainda no topo da escada.

Christian: Você é muito convencido, não é Steen? Vem para aqui dizer que nos consegue vencer a todos e toda essa baboseira que sai constantemente da sua boca, mas esquece que nós cinco podemos nos unir momentaneamente para aniquilar a sua presença do combate e, consequentemente, um de nós se tornar campeão. Eu não me esqueci daquilo que você me fez na semana passada, aliás, tenho ainda as marcas no meu corpo, então acho que você sabe muito bem o que pode acontecer a seguir, certo? Se não souber, não vai demorar muito até descobrir, então não se preocupe.

Após essas palavras, Christian e os outros quatro lutadores agarram a escada e a tombam para o lado onde estava Steen sentado, o que o faz cair. A queda é tão violenta que o campeão cai fora do ringue, falhando a barreira de proteção por poucos centímetros. O público dá um grande pop para esta ação dos cinco lutadores, os quais começam a olhar para cima, onde se encontra o cinturão pendurado. Eles trocam alguns olhares até finalmente começarem uma brawl entre si que leva os fãs à loucura. Como não podia deixar de ser, houve escadas à mistura na enorme confusão causada.

Perto do final do segmento, Garza derrubou Christian, Dunne e Cole que estavam fora do ringue ao se atirar do topo das cordas. Isso permitiu que o mesmo entrasse no ringue e começasse a subir a escada que já estava montada. No entanto, Ziggler acaba aparecendo vindo de fora do ringue e puxa o mexicano para baixo, lhe acertando um forte Superkick que faz Garza rolar para fora. Isso dá a oportunidade do “Show-Off” subir até ao topo da escada e retirar o Pure Championship do gancho, o que faz os fãs soltarem um pop. O segmento tem o seu fim com Ziggler erguendo o cinturão no alto enquanto os outros lutadores, incluindo o próprio Steen, o encaram a partir de fora do ringue.

Comerciais…

Vamos agora para o combate principal da noite, o qual irá opor o HOW Champion e o Atlas Champion aos seus respetivos desafiantes no HOWnniversary. AJ Styles é o primeiro a realizar a sua entrada até ao ringue enquanto ouvimos “Phenomenal”. O seu parceiro, Sami Zayn, vem depois acompanhado por Robert Roode ao som de “¡Olé!”. Ambos os lutadores foram vaiados intensamente durante a sua entrada. Por fim, toca “Hail Mary” e a Combat Zone Survivors, composta por Shane Strickland e Luke Harper, entra com um enorme pop dos fãs. 

Main Event – Tag Team Match: HOW Champion Shane Strickland & Atlas Champion Luke Harper vs Sami Zayn & AJ Styles 

(17:53) Foi uma luta bem disputada entre os dois times que deu aos fãs uma pequena amostra daquilo que os espera no HOWnniversary. Nos seus instantes finais, Zayn e Styles estavam ambos no ringue mesmo contra as ordens do árbitro e dominavam Strickland. O canadense deu ordem a Styles para colocar o HOW Champion encostado ao corner para que pudesse aplicar o seu Olé Kick. O “Phenomenal” assim o fez e ficou pressionando o “Swerve” para que o mesmo não fugisse do corner antes de ser atingido. No entanto, quando Zayn já começava a sua corrida, Strickland conseguiu se soltar de tal forma que o seu desafiante acabou atingindo o próprio Styles, o deixando inconsciente no tapete. Zayn fica algo desesperado por causa desse pequeno acidente, o que deu tempo a Harper de recuperar e entrar em ringue para aplicar um Running Big Boot que derruba o canadense. Strickland se aproveita e realiza o pin em Styles de forma a dar a vitória ao seu time.

Vencedores: Shane Strickland & Luke Harper

Os fãs se erguem para aplaudir a vitória dos faces. Estes comemoram no centro do ringue com os seus títulos durante algum tempo, porém Styles tem tempo suficiente para recuperar e colocar na apron, preparando para aplicar um Phenomenal Forearm em Harper. Ao ouvir alguns barulhos, ambos os membros da CZS se viram, porém, para evitar que Harper sofra o golpe, Strickland se sacrifica ao empurrar o seu parceiro. Styles abandona rapidamente o ringue e sobe a rampa com um sorriso na sua cara enquanto olha para Harper tentando ajudar o seu parceiro caído. Ainda fora do ringue, Zayn e Roode parecem felizes com o ataque sofrido por Strickland. É com essas imagens que o show é dado por terminado.

Fim de show.