10 Grandes lutas da NJPW em 2019

Alef 10/01/2020

O ano de 2019 sem dúvidas foi um dos melhores da NJPW no quesito de lutas boas, já que a empresa tem muitos lutadores habilidosos. O que não faltaram na empresa em 2019 foram lutas boas além das 10 escolhidas, por isso, outras lutas receberão menção mais que honrosa no final do artigo.

As lutas não estão listada de pior para melhor, mas sim em ordem cronológica, pegando desde o Wrestle Kingdom 13 até a final do G1 Climax de 2019. Sem mais delongas, vamos ao artigo:

Hiroshi Tanahashi vs. Kenny Omega (Wrestle Kingdom 13)

Que maneira incrível de se começar em. A lutar de Tanahashi e Omega significou muitas coisas. Foi a primeira vez que Tanahashi ficou com o IWGP Heavyweight Championship desde 2014 e foi a última que Omega apareceu em um ringue da NJPW até o momento.

A luta em si foi um dos melhores main events de todos os tempos. Eles contaram uma história incrível com Omega tentando provar que sua filosofia de wrestling era o futuro, enquanto Tanahashi tentava provar o oposto. Se você não teve chance de ver essa luta, minha única dica é que você vá assistir agora, porquê essa sim vale a pena.

Shingo Takagi vs. Will Ospreay (Final do Best of the Super Juniors)

Todas as lutas dessa lista seriam fortes candidatas a luta do ano, mas essa aqui ultrapassa um pouco as outras. Takagi e Ospreay fizeram simplesmente a melhor luta da história do torneio de juniores. Ambos tiveram um 2019 magnífico e acredite, não vai ser a primeira vez deles nessa lista.

A história era bem simples, um cara forte e musculoso contra um cara com aparência mais “frágil” e muito mais rápido. Logo, qual seria o resultado ? A força de Takagi dominaria Ospreay ou seria superada pela agilidade do oponente ? No fim, Ospreay levantou o troféu do torneio, mas a luta em si foi sem dúvidas a mais importante do torneio.

Kota Ibushi vs. Will Ospreay (Dia 5 do G1 Climax)

Essa foi a revanche da luta entre os dois que ocorreu no Wrestle Kingdom 13. Ospreay tinha ganhado aquela, mas será que ele sairia vitorioso outra vez ? Olha, não. Esse era o torneio de Ibushi e essa foi só a primeira das várias lutas incríveis que ele teve ali. Foi sua primeira vitória, a que iniciou sua invencibilidade no torneio.

Os dois são oponentes naturais entre si. Ibushi é mais do que capaz de lutar em uma maneira mais rápida, que completa a agilidade de Ospreay. Além disso, Ibushi também consegue contar ótimas histórias. Lutar todo o G1 Climax com uma lesão no tornozelo, sempre se superando e ainda ganhar o torneio ? Palmas pra esse cara, e palmas pros dois por essa luta.

Jon Moxley vs. Tomohiro Ishii (Dia 6 do G1 Climax)

Todo fã de Dean Ambrose/Jon Moxley precisa assistir essa luta. Essa luta mostrou o que a liberdade pode dar aos lutadores. Moxley realizou praticamente uma das melhores lutas de sua vida graças a liberdade que a NJPW dá a seus lutadores.

Mas não podemos esquecer do oponente de Moxley, Tomohiro Ishii. Em 2019 esse cara só fez lutas dignas e memoráveis, mesmo com sua idade relativamente “avançada”. Sem contar na promo de Moxley após a luta que deixou os fãs arrepiados. Assistam e se divirtam.

Kazuchika Okada vs. Will Ospreay (Dia 7 do G1 Climax)

Outra candidata para luta do ano, o que esses dois fizeram em ringue é simplesmente sem palavras. Se Ospreay tivesse ganho, teria estragado a história que a NJPW queria contar com esse torneio, mas com certeza faria essa luta ganhar o posto de melhor luta do ano.

Foi basicamente um clássico de irmão mais velho contra irmão mais novo, contada com maestria pela empresa. Toda vez que Ospreay enfrenta Okada, ele sempre chega um pouco mais perto de derrotar o japonês, e mesmo não tendo vencido, ele provou que Okada estava certo quando disse que o inglês seria o melhor do mundo em pouco tempo.

Kazuchika Okada vs. SANADA (Dia 13 do G1 Climax)

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image.webp

Como o próprio Kevin Kelly disse nos comentários da luta, essa foi a última chance de SANADA se solidificar como um main eventer. Das 4 lutas que os 2 tiveram em 2019, essa é a melhor na minha visão. Um dos fatos para tornarem essa a melhor entre eles é o fato de que no G1 Climax, Okada não é imbatível, aumentando todo o drama das lutas do mesmo.

SANADA ganhou a luta quando faltavam só 13 segundos pra que a mesma acabasse. Okada conseguiu a vitória na revanche que ocorreu no King of Pro Wrestling, mas a luta do G1 Climax continua sendo o melhor encontro entre os dois no ringue.

Shingo Takagi vs. Tetsuya Naito (Dia 14 do G1 Climax)

A stable “Los Ingobernables de Japon” existe a pouco mais de 5 anos, e Takagi foi o último a entrar pra stable de Naito. Mesmo entrando na stable em Outubro de 2018, foi a primeira vez que Takagi lutou contra seu líder e companheiro de equipe.

Nessa luta, foi provado o porquê de Naito ser o líder da LIJ, quando ele derrotou Takagi e pegou os dois pontos que valiam na luta. Essa luta foi um clássico em questão de técnica, e mesmo sendo uma das esquecidas do torneio, é uma das que mais vale a pena assistir.

Shingo Takagi vs. Tomohiro Ishii (Dia 16 do G1 Climax)

Se existem dois caras na NJPW que precisam ter uma feud entre si são esses dois aqui. Takagi e Ishii foram feitos para lutarem um contra o outro, e isso foi provado logo em seu primeiro encontro.

Takagi teve um 2019 incrível, se provando um bom lutador contra juniors e contra heavyweights. Ambos quase venceram o torneio, mas mesmo não vencendo, eles proporcionaram uma das melhores lutas do torneio e do ano.

Kota Ibushi vs. Kazuchika Okada (Dia 17 do G1 Climax)

Depois da saída da outra metade da dupla Golden Lovers (Kenny Omega), Ibushi se firmou no caminho para se tornar a estrela da NJPW. Venceu o IWGP Intercontinental Championship e venceu sete lutas seguidas do G1 Climax, vencendo o bloco A. A última dessas sete foi contra Okada.

Mesmo que não soubéssemos na época, essa luta foi a prévia do encontro dos dois no Wrestle Kingdom 14. Eles fizeram uma boa luta mesmo guardando algumas cartas em suas mangas, fazendo com que o público se animasse para o próximo encontro dos dois, cumprindo o objetivo da luta.

Kota Ibushi vs. Jay White (Final do G1 Climax)

Na NJPW não é muito comum o conceito de ser só heel ou ser só face, os lutadores como Takagi, Ishii e SANADA ficam transitando entre esses dois papéis, porém, Ibushi e White são exceções. White é um dos melhores heels do mundo e Ibushi é ser dúvidas um dos top babyfaces da NJPW.

O resultado da mistura desses dois lutadores foi uma das lutas mais únicas do G1 Climax e de 2019 como um todo. Mesmo com White trapaceando para chegar as finais do torneio, Ibushi lutou contra as interferências do Bullet Club e venceu o torneio para alegria dos fãs. Se você é fã da NJPW, apenas assista essa luta.

Bom, além dessas lutas, várias outras merecem menções mais que honrosas, como:

Will Ospreay vs. Hiroshi Tanahashi (G1 Climax) / Tetsuya Naito vs. Taichi (New Beggining in Sapporo) / Roppongi 3K vs. BUSHI e Shingo Takagi (47th Anniversary Show) / Hiroshi Tanahashi vs. Shota Umino (New Japan Cup) / Tomohiro Ishii vs. EVIL (Wrestling Dontaku) / SHO vs. Shingo Takagi (Best of the Super Juniors) / Will Ospreay vs. El Phantasmo (Best of the Super Juniors) / EVIL vs. Zack Sabre Jr. (New Beggining in Sapporo) / SANADA vs. Minoru Suzuki (New Japan Cup) / Will Ospreay vs. Robbie Eagles (Southern Showdown) / Kazuchika Okada vs. Minoru Suzuki (Royal Quest) / Dragon Lee vs. Will Ospreay (Dominion) / Kota Ibushi vs. Tetsuya Naito (Dominion) / Dragon Lee vs. Taiji Ishimori (Wrestling Dontaku) / Will Ospreay vs. Amazing Red (Super J Cup)

Até o próximo artigo!