Os 5 melhores combates da ROH em 2020

Yohan Eduardo Schinkel 31/03/2020

Apesar de estarmos iniciando apenas o quarto mês do ano, a Ring of Honor já produziu grandes combates durante seus eventos, e estaremos listando os 5 melhores.

5 – Mark Haskins vs. Alex Shelley (Free Enterprise – 09/02)

Dois dos melhores competidores no mundo do pro-wrestling se enfrentaram em um combate solo pela primeira vez, e não desapontaram. Uma grande batalha entre lutadores técnicos terminou com Haskins forçando Shelley a desistir após aplicar um “Sharpshooter”. Haskins fez uma promessa em se dedicar a vencer o ROH World Championship em 2020, e após esse combate, provou que possui a garra de um campeão.

4 – ROH World Tag Team Champions Jay Lethal & Jonathan Gresham vs. 2 Guys 1 Tag (Silas Young & Josh Woods) (Bound by Honor – 28/02)

A “excêntrica” dupla dos 2G1T chegou a esse combate pelos títulos de duplas com um grande retrospecto, que incluía uma vitória contra Lethal & Gresham antes destes vencerem os títulos. Porém desta vez, os campeões não correram riscos. Eles atacaram os desafiantes pelas costas durante a entrada dos mesmos, e Lethal acertou o joelho esquerdo de Young com seu cinturão. Lethal & Gresham atacaram o joelho de Young durante todo o combate, porém o “Last Real Man” se mostrou resiliente. No final, os campeões usaram alguns “truques” para manterem os títulos.

3 – ROH World Champion PCO vs. ROH World Television Champion Dragon Lee (Bound by Honor – 28/02)

Não era apenas um combate dos sonhos entre os campeões solo da ROH (apenas o título de PCO estava em jogo), como era também mais um capítulo da intensa rivalidade entre a Villain Enterprises e a La Faccion Ingobernable. Lee chegou ao combate focado em se juntar a Jay Lethal como únicos lutadores a terem os dois títulos ao mesmo tempo. PCO sobreviveu à uma série de joelhadas em sua cabeça, e no final aplicou um “Tombstone Piledriver”, seguido de um “Moonsault” para vencer o combate. Foi a última defesa de título com sucesso de PCO, já que o mesmo perdeu o título para o irmão de Lee, RUSH, de forma polêmica, na noite seguinte.

2 – The Briscoes vs. Mexablood (Bandido & Flamita) (Free Enterprise – 09/02)

Quando o combate foi anunciado, esperava-se que fosse roubar os holofotes da noite, porém excedeu todas as expectativas. Os 11 vezes campeões de duplas, os Briscoes, e os mexicanos, dois dos campeões de trios, protagonizaram ação intensa e brutal por quase 20 minutos. Os Briscoes saíram vitoriosos após aplicarem um “Doomstay Device” em Flamita.

1 – ROH World Six-Man Tag Team Champions Villain Enterprises (Marty Scurll, Brody King & Flip Gordon) vs. Mexisquad (Bandido, Flamita & Rey Horus) (Saturday Night at Center Stage – 11/01)

O combate não estava programado para ter os títulos em jogo, porém, Scurll, voluntariamente, colocou os cinturões em disputa antes do inicio da luta. Isso acabou se tornando um grande erro. Após muita ação intensa que levou o público a loucura, Scurll se preparou para aplicar um “Chicken Wing” em Bandido. Porém, Bandido tirou vantagem da preparação demorada de Scurll, e fez um “Roll-Up” para vencer o combate, e os títulos. No primeiro combate como trio na ROH, a Mexisquad encerrou o reinado recorde de 301 dias da Villain Enterprises.

Fonte: ROHWrestling.com