Grandes documentários do pro-wrestling

Alef 16/05/2020

O pro-wrestling é definitivamente um esporte que tem uma história recheada de momentos marcantes e de pessoas que ajudaram o esporte a chegar no patamar que está hoje, logo, nada melhor do que fazer documentários sobre essas tantas histórias.

Hoje, mostrarei pra vocês apenas alguns dos tantos documentários sobre o pro-wrestling que já foram lançados até hoje, sejam eles contando histórias de empresas, lutadores e coisas do gênero. Lembrem-se, eu escolhi apenas 10 dentre vários que eu gosto, então, relaxem. Sem mais delongas, vamos para a lista:

GLOW: The Story of The Gorgeous Ladies of Wrestling (2012)

GLOW conta a história de algumas das mulheres mais famosas que já lutaram. De 1986 a 1990, o GLOW foi o melhor entretenimento esportivo. Cada lutadora, e árbitro Steve Blance, tinha sua própria música de rap, e elas nunca foram capazes de quebrar o kayfabe.

Esse documentário inspirou a série de mesmo nome e mostrou um outro lado de um documentário que eu citarei mais pra frente, igualmente feminino e igualmente incrível.

The Rise and Fall of ECW (2004)

De 1992 a 2001, a ECW apresentou aos fãs americanos a lucha libre, o estilo hardcore, o strong style e muito mais, por isso, a Attitude Era nasceu ali. Infelizmente, más decisões financeiras e invasões de talentos da WCW e da WWE levaram ao final da promoção que até hoje tem um grande número de seguidores.

O documentário retrata não só a história da ECW como um todo, mas também mostra a relação única de Paul Heyman com a empresa e como ela conquistou tantos fãs apresentando tantas coisas diferentes.

Hitman Hart: Wrestling With Shadows (1998)

Em 1997, Bret Hart não tinha mais nada a perder e foi se aventurar na WCW, deixando para trás a empresa que fez dele uma estrela. Embora você não possa realmente assistir o documentário esperando ouvir um relato verdadeiramente equilibrado do que realmente aconteceu durante o último ano do Hitman na WWF, ele oferece uma versão extremamente próxima dos eventos.

São nos 15 minutos finais em que o espectador é levado para dentro do tenso vestiário no fim do Survivor Series, com Shawn Michaels alegando que ele não tinha nada a ver com o Montreal Screwjob. Tenso.

The Unreal Story of Professional Wrestling (1999)

Esse documentário aqui é um dos meus favoritos porque ele conta a história do pro-wrestling desde sua antiguidade até meados dos anos 90, que foi onde o esporte teve um de seus maiores picos de popularidade na história.

Outro aspecto raro das produções A&E é que você vê imagens e informações de ambas WWF e WCW, não era apenas uma ou a outra, o que na época já era um avanço. Isso também fica mais legal se pararmos pra pensar que na época, a WWF estava começando a dar indícios da Attitude Era e a WCW competia em pé de igualdade com a rival.

E:60 Behind The Curtain (2015)

O território de desenvolvimento da WWE cresceu muito nos últimos anos (até com certa dificuldade em alguns anos), e essa produção da ESPN, E:60 de 2015, analisa como o gigantesco entretenimento esportivo promove talentos e os transforma em superestrelas.

Aqui, Ray Leppan, que costumava lutar pela WWE como Adam Rose, conta sua história e a de seu filho especial. A produção também narra outras histórias, incluindo Corey Graves e Xavier Woods, que, no futuro, se tornariam respectivamente um comentarista bem tretoso e uma peça chave do New Day.

The Rise and Fall of WCW (2004)

Enquanto a WWE estava se expandindo nacionalmente nos anos 80, os fãs de luta livre também estavam interessados em outra empresa, a WCW. Sempre com o melhor produto no ringue, a WCW sempre foi controlada por pessoas que queriam expandir muito, muito rápido (Jim Crockett) ou por pessoas que simplesmente não tinham idéia de dirigir uma empresa desse calibre (Jim Herd, que era o Pizza Hut).

Embora possa haver toda uma série de documentários no estilo Ken Burns sobre a WCW e seus antecessores, a WWE apresentou um ótimo filme sobre seu maior rival, que hoje em dia eles tratam como se fosse apenas o Nitro.

Beyond The Mat (1999)

Focando na vida de Mick Foley no meio de sua ascensão ao topo, Terry Funk, que estava pensando em se aposentar e Jake the Snake Roberts, o filme produzido por Barry Blaustein é bem importante. E um dos pontos chaves é que, pela primeira vez em um filme, os fãs conseguiram ver o quanto os lutadores se sacrificavam só pra entreter o público.

O filme mostra a realidade (muitas vezes dura) para quem escolhe essa opção de carreira. Se você ainda não viu Beyond the Mat, é um dos meus documentários favoritos dessa lista e vale a pena assisti-lo.

Loose Cannon – The Brian Pillman Story (2006)

Loose Cannon conta a história do Flyin’Brian Pillman, que se transformaria no Loose Cannon. Não apenas o primeiro WCW Light Heavyweight Champion, mas um verdadeiro inovador do ramo, se tornando até mesmo um dos caras que influenciaram a criação da Attitude Era.

Brian Pillman faleceu cedo demais e raramente é mencionado em termos do quão importante ele é para a história do pro-wrestling. Pillman mudou as percepções sobre o que poderia ser um cruiserweight e o que poderia ser o wrestling hardcore.

Lipstick & Dynamite, Piss and Vinegar: The First Ladies of Wrestling (2004)

O wrestling feminino é um dos que mais evoluiu na história, mas antes que Charlotte Flair, Natalya, Trish Stratus e Lita entrassem em cena, existiram as pioneiras que deixaram essa marca no esporte.

Fabulous Moolah, Mae Young e Penny Banner são apenas alguns dos destaques do filme de 2004, que traz uma perspectiva interessante sobre essas lutadores desde a década de 1940 e ao longo das décadas que se seguiram. Aqueles que se perguntam o porquê da WWE nomear um torneio como Mae Young Classic podem achar a resposta pra isso nesse filme aqui.

Ladies And Gentlemen, My Name Is Paul Heyman (2014)

Ladies And Gentlemen, My Name Is Paul Heyman é um documentário quase obrigatório. Ele te mostra a história de um dos caras mais importantes pro esporte estar no patamar que está hoje, além de mostrar as interações dele nos bastidores e essas coisas.

São duas horas de filme e isso pode até ser meio cansativo, porém, é tanta informação sobre a vida de Heyman, ECW, sua busca por novos talentos e outras coisas que sua mente simplesmente fica ali, atenta pra tudo. Se nunca assistiu, recomendo fortemente que assista.

E aí, o que acharam das obras citadas e quais outras vocês recomendariam ? Até mais!