10 Momentos marcantes da WrestleMania

Alef 02/04/2020

A WrestleMania 36 já está aí na nossa porta e mesmo com diversos problemas rondando a mesma, ela vai rolar. O evento em si já teve 35 outras edições e cada uma delas teve momentos memoráveis, sejam eles bons ou ruins, por isso resolvi trazer aqui hoje momentos marcantes na história da WrestleMania.

Eu evitei ao máximo trazer 2 ou mais momentos de um só lutador, por isso é provável que vocês não encontrem o Bodyslam de Hogan em Andre, a luta de Hogan e Warrior, além das diversas lutas boas e marcantes envolvendo a streak de Undertaker, como contra Shawn Michaels e Triple H. Sem mais delongas, vamos ao artigo:

O fim da streak (WrestleMania 30)

Por 21 anos Undertaker havia lutado na WrestleMania e por 21 anos ele tinha vencido todas as lutas, criando uma tradição de sempre vencer no evento, tradição essa que ficou famosa como “The Streak”. Para muitas pessoas, a invencibilidade de Taker nunca acabaria, já outros achavam que ele uma hora ou outra perderia para alguém como Triple H ou outro cara de renome.

O que muitos não esperavam é que Brock Lesnar fosse quebrar a streak na fatídica WrestleMania 30. Para todos os espectadores aquilo foi literalmente um choque porque poucos imaginavam que Lesnar fosse ganhar, inclusive, alguns (como eu) argumentam até hoje que Lesnar foi a pessoa errada para quebrar a streak de Taker.

Kofimania (Wrestlemania 35)

Calma, eu sei que a Becky vencendo os dois títulos femininos nesse evento foi marcante mas pra mim o momento vencedor é o do Kofi. A trajetória de Kofi começou na Elimination Chamber e de lá até a Mania, Kofi teve uma das trajetórias mais emocionantes e contra um personagem muito grande, um Daniel Bryan heel.

Com a ajuda de seus companheiros Big E e Xavier Woods, Kofi conseguiu chegar até a WrestleMania e finalmente ter sua luta pelo título. Em um combate emocionante e cheio de energia, Kofi finalmente se tornou o primeiro WWE Champion que nasceu na África. Foi emocionante ok.

“I’m sorry. I love you” (WrestleMania 24)

Essa talvez seja a luta mais emocionante da WWE, porque marca o fim do ciclo de Ric Flair como lutador na empresa. Aos 59 anos, Flair foi colocado contra seu fã Shawn Michaels em uma luta que valia sua carreira. Mesmo com uma grande idade, Flair deixou tudo o que tinha no ringue, transformando essa aqui numa luta memorável.

Em um momento muito forte, foi possível ver Michaels dizendo: “I’m sorry. I love you”, frase que foi seguida por um último “Sweet Chin Music” que fez com que Michaels conseguisse o pin, encerrando a carreira de Flair.

Seth Rollins realiza o cash-in (Wrestlemania 31)

Assim como em alguns outros anos, a jornada de Reigns até o título principal da WWE sempre parecia que iria acabar bem. Em uma luta contra o campeão Brock Lesnar, Reigns conseguiu aguentar 4 F5’s e a vitória do “Big Dog” parecia inevitável, porém, aí que aconteceu o plot.

A música de Rollins tocou e ele veio correndo ao ringue com sua maleta do Money in the Bank, fazendo o cash-in e transformando a luta em uma triple threat. A vitória de Rollins foi sem dúvidas um dos momentos mais surpreendentes da WrestleMania.

O sonho de Michaels (WrestleMania 12)

Em uma das lutas de uma das maiores e mais reais rivalidades na história do pro-wrestling, nós finalmente vimos Michaels derrotar tudo e todos para finalmente atingir seu sonho de se tornar WWF Champion em uma luta que é várias vezes esquecida por muitos fãs do esporte.

Em um espetáculo de luta, Michaels e Bret Hart deixaram absolutamente tudo o que eles tinham no ringue, protagonizando não só uma das melhores iron man matches da história como também uma das melhores lutas de todas as WrestleManias.

Icon vs. Icon (WrestleMania 18)

Com quase 69 mil pessoas na arena aquele dia, bastava uma olhada de dois dos maiores ícones da história do pro-wrestling para fazer os espectadores vibrarem. Essa também foi a primeira luta de Hogan na WrestleMania depois de uma década e também a primeira com a gimmick de “Hollywood Hogan”.

Mesmo que a luta tenha sido relativamente curta, foi bem melhor do que precisava ser. No fim, The Rock conseguiu a vitória mas a verdadeira vitória foi dos fãs, que puderam ver dois ícones de gerações diferentes no mesmo ringue.

YES! (WrestleMania 30)

Apesar de termos tido a quebra da streak nesse evento, nós também tivemos a “conclusão” de uma das maiores jornadas em busca do WWE Championship, a jornada de Daniel Bryan. A storyline já era boa mas os fãs tornaram ela incrivelmente melhor, juntamente com o movimento YES!

Após uma longa saga, Bryan abriu a WrestleMania enfrentando Triple H e voltou no main event com um braço “machucado” para enfrentar Batista e Randy Orton. Mesmo com Bryan sendo o top guy dos fãs, muitos tinham medo que ele não ganhasse. Porém, para a surpresa de todos, Bryan derrotou seus oponentes e finalmente se tornou WWE World Heavyweight Champion.

O “começo” da Attitude Era (WrestleMania 14)

Em sua jornada para seu primeiro WWF Championship, Steve Austin se viu em uma bem construída mini feud contra o lutador de boxe Mike Tyson. O próprio Tyson acabou se tornando um tipo de segundo juiz na luta de Austin contra Shawn Michaels pelo WWF Championship.

O que ninguém esperava é que Tyson dar a vitória rapidamente para Michaels, o atacando após a luta e traindo a D-Generation X, se tornando aliado de Austin.

Miss Elizabeth salva Randy Savage (WrestleMania 7)

Randy Savage tinha acabado de perder uma luta com sua carreira em jogo para Ultimate Warrior. Assim que o vencedor deixou o ringue, quem surge é “Queen” Sherri, que ataca Savage em um momento de fragilidade e é aí que Miss Elizabeth surge da crowd para salvar Savage.

Em um momento emocionante, Elizabeth e Savage se abraçaram no meio do ringue enquanto fãs e a própria Elizabeth choravam de alegria. Após isso, os dois saíram do ringue com a expectativa de nunca mais serem vistos na WWF, uma história alegre que não era tão real assim.

O Main Event esquecido (WrestleMania 20)

Para nós é sempre muito difícil falar de Benoit por todos os atos que ele cometeu, mas aqui ele protagonizou um dos momentos mais emocionantes de uma WrestleMania. Naquela noite, Benoit havia acabado de derrotar Triple H e Shawn Michaels em uma triple threat pelo World Heavyweight Championship.

É aí que Eddie Guerrero, que havia derrotado Kurt Angle mais cedo pelo WWE Championship, vem até o ringue para comemorar com seu amigo. A cena mostrava que os antigos cruiserweights da WCW tinham acabado de chegar no topo, além de ser um momento de fraternidade muito marcante.

E aí, o que acharam dos momentos citados ? Quais momentos vocês adicionariam ou tirariam da lista ? Até mais!