10 Grandes combates na história do Royal Rumble

Alef 24/01/2020

Não importa o quanto a programação da WWE esteja cansativa e sem criatividade, a época do Royal Rumble sempre nos deixa ansiosos. A WrestleMania está chegando aí, e a primeira parada no caminho para o mais especial dos eventos é o Royal Rumble. O evento, além de ter sua característica Over the top rope battle royal, também conta com diversas lutas em seu card, grande parte delas por títulos, porém, isso não é lá uma garantia que a luta será boa.

Porém, muitas das lutas que não foram a típica Battle Royal roubaram a cena nos respectivos anos em que aconteceram. Por isso, hoje resolvi trazer pra vocês algumas das maiores e melhores lutas que já aconteceram na história do Rumble. Sem mais delongas, vamos ao artigo:

Chris Jericho vs. The Rock (Royal Rumble 2002)

Jericho e Rock têm uma química inegável entre si, e o combate dos dois no Rumble de 2002 pelo Undisputed Heavyweight Championship foi um marco em um evento que foi igualmente incrível. Muitos chegaram a criticar o final da luta, mas se formos analisar ela por completo, foi incrível. A storyline de Jericho como Undisputed Champion teve seu booking várias vezes questionado, mas Jericho mandou bem com o título e The Rock, bem, é o The Rock.

As promos entre os dois foram tão excelentes quanto se poderia pensar que seriam. A luta em si foi muito boa e da metade do final foi um tanto quanto louca. Contando com interferências de Lance Storm, Christian, um Rock Bottom no árbitro e um turnbuckle exposto, a luta acabou com a vitória de Jericho, que reteve seu título.

Shawn Michaels vs. Marty Jannety (Royal Rumble 1993)

Essa é uma das feuds que na minha visão, mais teve heat na história. Desde a traição de Michaels até a inclusão de Sherri Martel, essa aqui foi uma daquelas. Michaels fez seu papel de heel tão bem que muitas pessoas o odiaram por anos sem superar essa feud, já que ela só aconteceu após Michaels trair Jannety e o jogar em uma parede de vidro.

A luta em si foi um clássico, algo muito mais técnico que era o estilo dos dois lutadores. Sherri esteve até mesmo no ringue mas em um corner neutro, demonstrando que não ajudaria nenhum dos dois lutadores. Após Michaels reter seu WWF Intercontinental Championship nessa luta, os fãs pensaram sobre o quê poderia parar o vilão porquê acreditem, era cara foi um puta heel.

Chris Benoit vs. Kurt Angle (Royal Rumble 2003)

O começo da década de 2000 foi um tanto quanto estranho para Benoit. Ele estava sendo visto como um lutador de midcard que poderia ser main eventer quando necessário, dando aos fãs a impressão que a WWE não se interessaria por ele. Os fãs ainda sentiam que a WWE não estava o valorizando, já que existia outro desafiante principal na época, Brock Lesnar. Angle e Lesnar tinham a verdadeira feud, com Benoit nem sendo coadjuvante da história.

Apesar da fraqueza de Benoit como desafiante, os dois homens produziram 20 minutos do que era extremamente próximo da perfeição na luta livre. Muitos counters, submissão após submissão e uma tensão que aumentava, apesar do resultado bastante óbvio. No final, o Crossface se chocou contra o Ankle Lock, algumas tentativas desesperadas de fuga de Benoit que finalmente foram malsucedidas e uma multidão adorando cada segundo. O Crippler recebeu uma ovação de pé por seus esforços após a luta.

The Rock vs. Mankind (Royal Rumble 1999)

Essa aqui foi uma das feuds mais “pessoais” do final dos anos 90. Mankind não era o campeão ideal para Vince Mcmahon, The Rock, que era o seu campeão ideal, ficava derrotando Mankind, mas nunca parecia o suficiente. Essa luta foi o clímax de sua disputa. Mankind nunca tinha desistido de nada na vida, mas após uma das lutas mais “extreme” da WWF/WWE, ele desistiu. O som que mais se ouvia eram as cadeiradas que Rock dava na cabeça de um desprotegido e algemado Mankind.

Mais tarde, descobriríamos que The Rock o havia nocauteado e tocou uma gravação dele dizendo as palavras “Eu desisto”. A credibilidade de Mankind e a maldade de The Rock realmente se mostraram nessa luta.

John Cena vs. Umaga (Royal Rumble 2007)

Muitos duvidam muito da capacidade de Cena no ringue, mas essa luta foi feita para mudar isso. Umaga nunca foi um lutador ruim ou tão ruim, mas nessa luta ele foi literalmente carregado por Cena em uma das lutas mais “extreme” de 2007.

Cena já estava quase dominando a WWE, sendo endeusado por vários fãs e Umaga era o mega heel da empresa, logo, é lógico que Cena teria que se superar para provar que era melhor que Umaga. Lutando contra a força de Umaga em um tipo de desespero e tendo que enforcar o oponente com as cordas do ringue para o nocautear fez com que Cena ainda era humano, o tirando do nível de deus que alguns fãs o tinham colocado.

Chris Benoit vs. Chris Jericho (Royal Rumble 2001)

Outra aparição dos grandes Benoit e Jericho nessa lista. No Rumble de 2001, os dois foram colocados frente a frente em uma Ladder Match pelo WWF Intercontinental Championship de Benoit. Muitos disseram que teria que acontecer alguma coisa muito estranha pra essa luta não ser boa, mas pra surpresa dessas pessoas, essa aqui foi um outro nível se comparada com as outras ótimas lutas entre os dois.

Os dois ainda deram uma repaginada nas escadas, com alguns spots muito bons e inclusive um Walls of Jericho na escada. Ambos os lutadores são dois do lutadores mais técnicos que a WWF tinha naquela época e era meio inevitável que não saísse algo bom dali.

The Rockers vs. The Orient Express (Royal Rumble 1991)

Se você acha que essa luta não merece estar aqui, acredite, foi uma das melhores tag team matches que já aconteceram em um ringue da WWE. Shawn Michaels e Marty Jannetty são colocados contra Kato e Pat Tanaka para abrir o show, tendo uma crowd muito boa esperando pelos participantes. O combate começa com o que futuramente seria chamado de Superkick Party, seguido por vários Suicide Dives, Leap Frogs e deus sabe lá o que mais.

O ritmo da luta foi frenético, até mais do que várias lutas que acontecem hoje em dia. Corpos voando pra lá e pra cá a todo momento, a crowd reagindo certinho de acordo com os acontecimentos da luta e uma performance memorável de Tanaka fizeram dessa talvez uma das melhores lutas dos anos 90. Se não viu essa luta ainda, para tudo o que você tá fazendo e assista essa maravilha.

Bret Hart vs. Diesel (Royal Rumble 1995)

Uma das melhores feuds dos anos 90 sem dúvidas. Bret ganhou a chance de enfrentar Diesel após perder seu WWF World Heavyweight Championship de um jeito “roubado” para Bob Backlund no Survivor Series de 1994. Com Diesel conquistando o título pouco depois e Bret querendo seu cinturão outra vez, uma hora ou outra os dois se enfrentariam.

A luta, que foi bastante física e cansativa, teve que ser continuada duas vezes mesmo com as interferências de Shawn Michaels, Owen Hart, o próprio Backlund, Jeff Jarrett e The Rhoadie. Após tantas interferências o árbitro não viu outra opção a não ser interromper a luta permanentemente, fazendo com que acabasse em no contest e que Diesel continuasse com o título.

Cactus Jack vs. Triple H (Royal Rumble 2000)

Essa feud foi uma das melhores da carreira de Triple H, já que Cactus levou o Hunter ao limite, mostrando o porquê dele ser o maior heel da indústria na época. Cactus era tão amado pelos fãs que eles estavam praticamente impedindo a lenda de se aposentar, enquanto Triple H queria acabar de vez com Cactus e deixar a WWE livre do ícone hardcore.

O que se seguiu dali foi uma luta com tanta brutalidade que fez todos ficarem chocados. Parte da violência foi real, incluindo um piledriver em uma mesa que por sinal não se quebra e algumas cadeiradas brutais. As tachinhas inevitavelmente são introduzidas, com Triple H dando a Cactus Jack um Pedigree em cima das tachinhas para acabar com o personagem de Foley. Meio perigoso ? Talvez.

Brock Lesnar vs. John Cena vs. Seth Rollins (Royal Rumble 2015)

Pra muitos, essa foi uma Triple Threat Match perfeita. Você tinha o herói John Cena, o habilidoso Seth Rollins e a besta Brock Lesnar. A luta foi emocionante do início ao fim, com os três lutadores trabalhando muito bem no ringue e criando uma atmosfera em que parecia possível qualquer um deles sair com a vitória e o WWE Championship.

A luta tinha Cena sendo o grande Cena capaz de produzir lutas incríveis, tinha Rollins voando em todos os lutadores e mostrando sua agilidade no ringue e também tinha Lesnar sendo mais destruidor do que nunca. Sempre sendo o foco do combate, Lesnar destruiu e foi destruído durante 20 fucking minutos, sendo tirado da luta graças a um Elbow Drop na mesa e voltando posteriormente, aplicando vários Suplexes e levando a crowd ao delírio. No fim, Lesnar saiu com o título, mas os três produziram uma luta memorável.

É óbvio que eu escolhi essas lutas por gosto pessoal mesmo, mas existem várias outras que são igualmente incríveis. O que achou do artigo e quais lutas vocês adicionariam ? Até mais!